Inelegível

Bolsonaro chama sua inabilitação política de "facada nas costas"

O ex-presidente foi declarado inelegível no TSE por 5 votos a 2

O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro fala aos membros da mídia em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil, em 30 de junho de 2023O ex-presidente brasileiro Jair Bolsonaro fala aos membros da mídia em Belo Horizonte, estado de Minas Gerais, Brasil, em 30 de junho de 2023 - Foto: Douglas Magno / AFP

O ex-presidente Jair Bolsonaro qualificou, nesta sexta-feira (30), como uma "facada nas costas" a decisão da Justiça Eleitoral de declará-lo inelegível durante oito anos por abuso de poder político e anunciou que recorrerá ao Supremo Tribunal Federal.

A inelegibilidade é uma "facada nas costas". Porém, "não estou morto, a gente vai continuar trabalhando", afirmou o ex-presidente a jornalistas em Belo Horizonte.

Veja também

Biden pede ao país para 'baixar temperatura' política
ELEIÇÕES

Biden pede ao país para 'baixar temperatura' política

Suposto autor de disparos contra Trump era um jovem solitário
ATENTADO

Suposto autor de disparos contra Trump era um jovem solitário

Newsletter