Bolsonaro contraria OMS e planeja churrasco com 30 convidados para este sábado

'Vamos bater um papo, quem sabe uma ‘peladinha’, alguns ministros, alguns servidores', disse o presidente

Presidente da República, Jair BolsonaroPresidente da República, Jair Bolsonaro - Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou, nessa quinta-feira (7), que planeja fazer um churrasco com aproximadamente 30 convidados no próximo sábado (9), em sua residência no Palácio da Alvorada. O evento, que contraria orientações da da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde, deve contar com uma partida de futebol entre ministros e servidores e uma 'vaquinha' para custear os gastos do dia.

"Estou cometendo um crime. Vou fazer um churrasco no sábado aqui em casa. Vamos bater um papo, quem sabe uma ‘peladinha’, alguns ministros, alguns servidores mais humildes que estão do meu lado", disse Bolsonaro aos repórteres na entrada do Palácio da Alvorada.

Leia também:

Bolsonaro é a maior ameaça ao combate à Covid-19 no Brasil, diz revista inglesa Lancet
Ministros criticam ida de Bolsonaro ao STF, e Toffoli também é alvo de reclamações

Sobre o churrasco, o presidente brincou que não vai ter álcool, mas terá 'vaquinha' - expressão usada para um arrecadamento coletivo e aproximadamente 30 convidados. "Devem ser uns 30 [convidados]. Vai ter vaquinha de R$ 70. Não vai ter bebida alcoólica senão a primeira dama coloca todo mundo para correr", disse.

Acompanhe a cobertura em tempo real da pandemia de coronavírus

 

Veja também

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso
Bolsonaro

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso