Política

Bolsonaro critica decisão de Rosa Weber que autorizou governador a não depor em CPI

Segundo a decisão de Rosa Weber, caso resolvesse comparecer à comissão, Lima teria o direito de se manter calado

Presidente Jair Bolsonaro (sem partido)Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) - Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) criticou nesta quinta-feira (10) a decisão da ministra Rosa Weber, do STF (Supremo Tribunal Federal), que autorizou o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), a não depor à CPI do Senado.

"Vocês viram a decisão da ministra Rosa Weber sobre governador da Amazonas? Ele se quiser não precisa vir [à CPI] não.
Querem investigar quem mandou o dinheiro, não quem possivelmente, talvez, tenha desviado. E pode comparecer e ficar quieto também", disse o presidente, em conversa com apoiadores na saída do Palácio da Alvorada. A declaração foi transmitida por um site bolsonarista.

Segundo a decisão de Rosa Weber, caso resolvesse comparecer à comissão, Lima teria o direito de se manter calado. O governador, porém, já confirmou que não irá ao Senado.

 

Veja também

Apagão de vacinas gera 1º choque entre gestão Doria e prefeitura de SP sob comando de Nunes
Coronavírus

Apagão de vacinas gera 1º choque entre gestão Doria e prefeitura de SP sob comando de Nunes

Conselho de Ética aprova 'censura verbal' a deputado que quebrou peça sobre consciência negra
Coronel Tadeu

Conselho de Ética aprova 'censura verbal' a deputado que quebrou peça sobre consciência negra