MOTOCIATA

Bolsonaro deve promover 'motociata' em Chapecó. Cidade catarinense tem 95% de UTIs ocupadas

Município tem 637 mortes por Covid, 472 infectados e 228 casos suspeitos

'Motociata' acontecerá no próximo sábado (26) pela manhã'Motociata' acontecerá no próximo sábado (26) pela manhã - Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), deve desembarcar na cidade catarinense de Chapecó, no próximo dia 26, para promover uma “motociata”. A informação foi confirmada, nesta terça-feira (15), pelo prefeito do município, João Rodrigues (PSD). Atualmente, a cidade conta com 637 mortos por Covid-19, além de estar com 95% de seus leitos de UTI da rede pública, ocupados.

 

De acordo com a Secretaria de Saúde municipal de Chapecó, a cidade tem 637 mortes por Covid, 472 infectados e 228 casos suspeitos. A contagem atual identificou quase 35 mil casos da doença desde o início da pandemia, no local. O dado mais delicado é relacionado a lotação das UTIs. A rede pública tem 95% e a privada 80% de leitos ocupados. A preocupação é que a presença do presidente da República gere aglomerações, assim como aconteceu em São Paulo, no último sábado (12).

A presença de Bolsonaro vem de um convite do próprio prefeito da cidade - que defende o tratamento precoce, ineficaz contra doença. “Quero convidar todos os motociclistas do Brasil [...] para que venham a Chapecó”, afirmou Rodrigues. Às vésperas do protesto, Bolsonaro irá ao estádio Arena Condá, onde deverá encontrar com empresários.

Veja também

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro reúnem-se em Boa Viagem para defesa do voto impresso
Eleições

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro reúnem-se em Boa Viagem para defesa do voto impresso

Em ato por voto impresso, Bolsonaro novamente coloca eleição de 2022 em dúvida
Fixação

Em ato por voto impresso, Bolsonaro novamente coloca eleição de 2022 em dúvida