Bolsonaro diz que no Natal humildade e simplicidade devem predominar

Presidente eleito ressaltou que vai trabalhar para “restaurar o sentimento familiar há muito tempo desgastado” na sociedade

Presidente eleito Jair BolsonaroPresidente eleito Jair Bolsonaro - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, transmitiu nesta segunda-feira (24), logo cedo, sua mensagem de Natal. Em sua conta no Twitter, ele ressaltou que conduzido pela humildade, vai trabalhar para “restaurar o sentimento familiar há muito tempo desgastado” na sociedade. Segundo Bolsonaro, no Natal todos têm o mesmo sentimento: da simplicidade e humildade.

“Com humildade, aceitando quem tem no coração a vontade de construir um Brasil melhor, buscaremos nos próximos anos restaurar o sentimento familiar há muito desgastado em nossa sociedade, bem como a paz dentro de nossos lares. Tenhamos todos um Feliz Natal”, afirmou.

Leia também:
Sociedade de pediatria alerta sobre presentes de Natal
Bolsonaro reafirma compromissos de campanha pelo Twiiter


Para o presidente eleito, o sentimento que deve guiar a todos no Natal é único. “É chegado mais um Natal, momento especial onde relembramos com nossas sagradas famílias o nascimento de Cristo. É com este sentimento, inspirado na família simples que recebeu em um humilde presépio a encarnação do próprio Deus, que contemplamos a chegada de um novo Brasil.”

Desde sábado (22), Bolsonaro está na Ilha de Marambaia, no litoral sul fluminense. Bolsonaro passará o Natal com sua família na Base da Marinha.

A ilha, que abriga um centro de treinamento da Marinha, fica no extremo oeste da Restinga de Marambaia, uma imensa faixa de terra na Baía de Sepetiba, que se estende pelos municípios do Rio de Janeiro, Itaguaí e Mangaratiba. O local é refúgio de presidentes da República. No carnaval deste ano, recebeu o presidente Michel Temer e família.

Bolsonaro deve ficar na ilha até o próximo dia 27. Depois, volta para sua casa na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio, onde fica até o dia 29, quando segue para Brasília.

Veja também

Responsabilização de Bolsonaro está mais próxima, avalia CPI
CPI DA COVID

Responsabilização de Bolsonaro está mais próxima, avalia CPI

Barroso, do STF, rejeita ação de Bolsonaro contra decretos estaduais que limitaram circulação
Covid-19

Barroso, do STF, rejeita ação de Bolsonaro contra decretos estaduais que limitaram circulação