Bolsonaro ironiza diagnóstico de Covid-19 do governador Paulo Câmara

Em conversa com apoiadores nesta terça-feira (19), o presidente respondeu que "governadores de esquerda estão liberando a cloroquina agora”

Governador de Pernambuco, Paulo Câmara e o Presidente da República, Jair BolsonaroGovernador de Pernambuco, Paulo Câmara e o Presidente da República, Jair Bolsonaro - Foto: Marcos Corrêa/PR

Como de costume, o presidente da República Jair Bolsonaro evitou mais uma vez falar com a imprensa e somente conversou com apoiadores do Governo em frente ao Palácio da Alvorada no fim da manhã desta terça-feira (19). Questionado sobre o diagnóstico positivo para a Covid-19 do governador do Estado Paulo Câmara, Bolsonaro respondeu em tom irônico "governadores de esquerda estão liberando a cloroquina agora”.

Vale ressaltar, que o uso da cloroquina não é recomendado pelas autoridades sanitárias, pois não foi comprovada a eficácia do medicamento no tratamento da Covid-19. O uso do medicamento inclusive tem sido motivo de conflitos no Governo Bolsonaro e foi uma das divergências que levaram à saída de Nelson Teich e Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde.

Leia também:
Governador Paulo Câmara divulga resultado de teste positivo para Covid-19
Apurações desmontam a versão dos Bolsonaros para negar vazamento da PF

Ainda durante o breve pronunciamento para os apoiadores, Bolsonaro também minimizou a saída recente de três ministros do seu Governo. "Nenhum ministro saiu por corrupção ou acomodação partidária. No passado, trocavam centenas de ministros por ano e a imprensa falava nada. Agora trocam um aqui e eles...", declarou Bolsonaro sem completar a frase.

Paulo Câmara informou através das redes sociais na noite da segunda-feira (18) que testou positivo para doença e que permanecerá em isolamento rígido. O exame foi realizado após o governador apresentar alguns sintomas de gripe, que segundo ele, são sintomas leves. 

Veja também

Pequim acusa EUA de demonizarem China durante visita de enviada de Biden
Tensão

Pequim acusa EUA de demonizarem China durante visita de enviada de Biden

Guedes quer Trabalho e Previdência de volta após saída de Onyx para eleição
POLÍTICA

Guedes quer Trabalho e Previdência de volta após saída de Onyx para eleição