Bolsonaro preocupado com possível vitória de Kirchner na Argentina

A peronista Kirchner lidera as pesquisas contra Macri, que tentará a reeleição no próximo dia 27 de outubro

Cristina Kirchner.Cristina Kirchner. - Foto: Internet / Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro manifestou nesta quinta-feira sua preocupação de que a Argentina se torne uma "outra Venezuela" com a eventual eleição da ex-presidente Cristina Kirchner, que fez parte do grupo de governantes de esquerda na década passada na América do Sul.

Em declarações à imprensa em Brasília, Bolsonaro atribuiu as dificuldades econômicas da Argentina ao fato de o presidente Mauricio Macri realizar as reformas econômicas que propunha pela metade.

Leia também:
Brasil e Rússia não são províncias dos EUA, diz embaixador
EUA podem retirar manifestantes de embaixada a pedido de Guaidó
Mil migrantes cubanos chegam à fronteira do México com os EUA

"A Argentina fez uma reforma meia boca, e o Macri está tendo problema agora. E os problemas se avolumam. Pode a oposição voltar. E é uma preocupação da nossa parte, porque nós não queremos uma outra Venezuela aqui na América do Sul".

A peronista Kirchner lidera as pesquisas contra Macri, que tentará a reeleição no próximo dia 27 de outubro, em meio à recessão e à alta da inflação.

A Venezuela está mergulhada em uma grave crise econômica, política e social sob a presidência de Nicolás maduro, sucessor do finado Hugo Chávez.

Chávez e Kirchner foram dois dos principais líderes da onda de esquerda que envolveu vários países da América do Sul, junto a Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), atualmente preso por corrupção.

Veja também

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid
Coronavírus

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid

Bolsonaro multiplica palcos para radicalismo e busca popularidade
Política

Bolsonaro multiplica palcos para radicalismo e busca popularidade