Bolsonaro preocupado com possível vitória de Kirchner na Argentina

A peronista Kirchner lidera as pesquisas contra Macri, que tentará a reeleição no próximo dia 27 de outubro

Cristina Kirchner.Cristina Kirchner. - Foto: Internet / Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro manifestou nesta quinta-feira sua preocupação de que a Argentina se torne uma "outra Venezuela" com a eventual eleição da ex-presidente Cristina Kirchner, que fez parte do grupo de governantes de esquerda na década passada na América do Sul.

Em declarações à imprensa em Brasília, Bolsonaro atribuiu as dificuldades econômicas da Argentina ao fato de o presidente Mauricio Macri realizar as reformas econômicas que propunha pela metade.

Leia também:
Brasil e Rússia não são províncias dos EUA, diz embaixador
EUA podem retirar manifestantes de embaixada a pedido de Guaidó
Mil migrantes cubanos chegam à fronteira do México com os EUA

"A Argentina fez uma reforma meia boca, e o Macri está tendo problema agora. E os problemas se avolumam. Pode a oposição voltar. E é uma preocupação da nossa parte, porque nós não queremos uma outra Venezuela aqui na América do Sul".

A peronista Kirchner lidera as pesquisas contra Macri, que tentará a reeleição no próximo dia 27 de outubro, em meio à recessão e à alta da inflação.

A Venezuela está mergulhada em uma grave crise econômica, política e social sob a presidência de Nicolás maduro, sucessor do finado Hugo Chávez.

Chávez e Kirchner foram dois dos principais líderes da onda de esquerda que envolveu vários países da América do Sul, junto a Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010), atualmente preso por corrupção.

Veja também

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19
Coronavírus

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral