Bolsonaro promete ir a Curitiba no dia do encerramento de caravana de Lula

Deputado divulgou nas redes sociais que chegará ao Aeroporto Afonso Pena, na capital paranaense, às 11h30

O último boletim médico informou que Bolsonaro se mantém em condições clínicas estáveis e sem complicações pós-operatóriasO último boletim médico informou que Bolsonaro se mantém em condições clínicas estáveis e sem complicações pós-operatórias - Foto: Divulgação

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ) divulgou nas redes sociais que irá a Curitiba na próxima quarta-feira (28) - no mesmo dia, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) encerra sua caravana pela região Sul. O petista é o líder das intenções de voto na disputa presidencial em outubro, seguido por Bolsonaro, de acordo com o Datafolha.

O deputado divulgou nas redes sociais que chegará ao Aeroporto Afonso Pena, na capital paranaense, às 11h30. O compromisso de Lula, de acordo com o PT do Paraná, é às 17h, na praça Santos Andrade, onde ocorrerá o encerramento da caravana do petista.

Leia também:
Polícia usa gás lacrimogêneo para dispersar manifestantes anti-Lula
Jair Bolsonaro se filia ao PSL para disputar o Planalto


"- Quem banca a campanha do Lula? E a do Bolsonaro? - Pousarei na QUARTA-FEIRA em Curitiba. - Uma boa oportunidade para saberem se o apoio é espontâneo ou não", escreveu Bolsonaro nas redes sociais na última quinta (22).

O STF (Supremo Tribunal Federal) adiou para 4 de abril o julgamento do habeas corpus pedido pela defesa de Lula e deu uma liminar que, até lá, proíbe a prisão do petista.

Nesta sexta-feira (23), Lula afirmou que tem certeza de que não vai ser preso, e que, se for candidato, vencerá as eleições no primeiro turno. "Eu não vou ser preso porque não cometi nenhum crime e eu tenho certeza de que nesse país haverá justiça".

A declaração foi feita em São Leopoldo, última parada da tumultuada passagem de Lula pelo Rio Grande do Sul. Depois, de acordo com a programação do Instituto Lula, ele segue para Santa Catarina antes de chegar ao Paraná.

Veja também

Chilenos pausam protestos e vão às urnas em massa em plebiscito histórico
Plebiscito

Chilenos pausam protestos e vão às urnas em massa em plebiscito histórico

Ministério Público investiga obras de estradas do governo Doria
Justiça

Ministério Público investiga obras de estradas do governo Doria