Bolsonaro retalia Joice e decide tirá-la da liderança do governo no Congresso

Ela deve ser substituída pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO), que é vice-líder

Presidente Jair BolsonaroPresidente Jair Bolsonaro - Foto: Divulgação/Palácio do Planalto

Contrariado com o fato de a deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) ter assinado a lista de apoio à manutenção de Delegado Waldir (PSL-GO) como líder do partido na Câmara, o presidente Jair Bolsonaro decidiu retirar a parlamentar da liderança do governo no Congresso. Ela deve ser substituída pelo senador Eduardo Gomes (MDB-TO), que é vice-líder.

A ala ligada a Waldir e ao presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), está em guerra aberta com o grupo alinhado a Bolsonaro no partido. Na quarta-feira (16), o campo pró-Bolsonaro tentou destituir Waldir e substituí-lo por Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República.

No entanto, a ala bolsonarista sofreu uma derrota nesta quinta, uma vez que a Secretaria-Geral da Mesa da Câmara, após conferir as assinaturas das diferentes listas, afirmou que Waldir continua líder do partido na Casa.

Leia também:
Em dia de julgamento no STF, Bolsonaro defende prisão após 2ª instância
Bolsonaro anuncia 13° para beneficiários do Bolsa Família
Bolsonaro destaca ações do governo em outubro 

Gomes esteve no Planalto na manhã desta quinta-feira e se reuniu com Bolsonaro. O anúncio da troca deve ser realizado em breve.

Veja também

Eleição tem recorde de candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos
Brasil

Eleição tem mais candidatas e, pela 1ª vez, mais negros que brancos

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço no comitê
Eleições 2020

Mendonça abre campanha à Prefeitura do Recife com visita a comunidade carente e adesivaço