Boneco gigante de Bolsonaro é recebido com aplausos e vaias no Recife

A alegoria do presidente foi a última a aparecer antes do cortejo, que desfilou pelas ruas do Bairro do Recife com cerca de 30 bonecos

Boneco gigante de Bolsonaro desfilou no Recife e em Olinda Boneco gigante de Bolsonaro desfilou no Recife e em Olinda  - Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco

Um dia depois de ser hostilizado nas ladeiras de Olinda (PE), o boneco gigante representando o presidente Jair Bolsonaro (PSL) desfilou nas ruas do Bairro do Recife nesta terça-feira (5).

A alegoria foi a última a aparecer antes do cortejo, que teve cerca de 30 bonecos. Quando surgiu ao lado da boneca da primeira dama, Michelle Bolsonaro, foi recebido com aplausos e vaias.

Sem seguranças particular, a escultura desfilou acompanhada por cerca de 15 policiais militares divididos em cada lado do cortejo. Em Olinda, mesmo com esquema especial o "Jairzão" foi atacado com latas de cerveja e gelo.

Leia também:
Bolsonaro divulga marchinha em resposta a críticas de Daniela Mercury e Caetano Veloso
Boneco de Bolsonaro estreia com segurança e sob vaias; foliões atiram gelo e latas de cerveja
Vestidos de laranja, foliões fazem bloco em frente ao condomínio de Bolsonaro


Apoiadores do presidente gritavam "mito, mito" e aproveitavam para tirar fotos com o "Jairzão", enquanto foliões contrários ao político faziam gestos obscenos e cantavam "ai, ai, ai, Bolsonaro é o car*".

Veja também

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso
Bolsonaro

Apoiadores de Bolsonaro convocam caravanas pelo país a favor de Arthur Lira e voto impresso