Brasil e Israel vão discutir “novos rumos”, diz Bolsonaro no Twitter

Presidente eleito vai se reunir com premiê Benjamin Netanyahu

Publicação foi feita na conta pessoal do presente eleito nesta quinta (27)Publicação foi feita na conta pessoal do presente eleito nesta quinta (27) - Foto: Reprodução/Twitter

O presidente eleito Jair Bolsonaro publicou na noite de quinta-feira (27) no Twitter que vai discutir “novos rumos” nas relações entre o Brasil e Israel e que aguarda o primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu, que chega nesta sexta-feira (28) ao país.

“Espero a chegada e visita do Primeiro-Ministro @netanyahu. Nos reuniremos e discutiremos novos rumos para nossas nações. As expectativas são as melhores para este momento inédito de nossa história”, disse Bolsonaro.

Em um segundo tuíte, publicado quinze minutos depois na rede social, Bolsonaro destacou que “Israel é referência mundial em tecnologia para diversos serviços e isso nos interessa”.

O presidente eleito deve se reunir com o primeiro-ministro de Israel em um almoço no Forte de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro nesta sexta-feira (28), um dia antes da mudança de Bolsonaro e da família para Brasília. A conversa ocorre após Bolsonaro dizer que pretende transferir a Embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém.

Leia também:
Posse de Bolsonaro tem presença confirmada de 12 chefes de Estado
'É uma grande mudança que Bolsonaro lidera', diz premiê de Israel
Governo palestino responderá se Brasil transferir embaixada em Israel
Primeiro-ministro de Israel parabeniza Bolsonaro e diz ver o início de uma 'grande amizade'


O primeiro-ministro de Israel deve ser um dos 12 chefes de Estado presentes na posse de Jair Bolsonaro na próxima terça-feira (1º). Entre outros, estão os presidentes Mauricio Macri (Argentina), Sebastián Piñera (Chile), Mario Abdo Benítez (Paraguai) e Marcelo Rebelo de Sousa (Portugal) e o secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo.

Veja também

Magistrados e políticos se mobilizam para emplacar aliados no Judiciário
Tribunais

Magistrados e políticos se mobilizam para emplacar aliados no Judiciário

Apex retira do ar artigo que recomendava livros de desafetos do governo Bolsonaro
Conteúdo removido

Apex retira do ar artigo que recomendava livros de desafetos do governo Bolsonaro