Brasília receberá quatro Casas da Mulher Brasileira

Anúncio foi feito pela ministra Damares Alves com governador do DF

Damares AlvesDamares Alves - Foto: Tania Rego/Agência Brasil

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciaram a construção de quatro novas unidades da Casa da Mulher Brasileira (CMB). O investimento será de aproximadamente R$ 3,6 milhões.

As casas serão construídas em São Sebastião, Sobradinho II, Sol Nascente e Recanto das Emas, regiões administrativas localizadas no Distrito Federal.

Brasília já possui uma Casa da Mulher Brasileira, inaugurada em 2015 e que, atualmente, está interditada para reformas. A ministra Damares Alves disse que as unidades serão erguidas em um novo modelo, mais barato, pensado para cidades menores. Cada uma vai custar cerca de R$ 800 mil. De acordo com o ministério, as anteriores custavam em torno de R$ 13 milhões.

Leia também:
Damares planeja propor permissão para adoção de idosos
Damares diz que falta de saneamento é violação aos direitos humanos
Damares Alves, a ministra de Bolsonaro que vê a vida em cor de rosa 

“As casas são um instrumento poderosíssimo para proteger mulheres da violência", explicou Damares Alves.

As novas unidades serão implementadas com recursos de emendas da bancada parlamentar do DF na Câmara dos Deputados. Segundo a ministra, o ministério deve implementar mais 25 CMBs ainda este ano.

A Casa
A Casa da Mulher Brasileira facilita o acesso a serviços especializados para garantir condições de enfrentamento da violência, de empoderamento da mulher e da autonomia econômica. É um passo definitivo do Estado para o reconhecimento do direito de as mulheres viverem sem violência.

Veja também

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19
Coronavírus

Prefeito do Recife, João Campos, testa positivo para Covid-19

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral
Política

Tribunal abre brecha para reduzir pena tricentenária de Sérgio Cabral