A-A+

Bretas cumprimenta Moro por aceitar ministério da Justiça

O juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro falou sobre a competência profissional de Moro

Marcelo Bretas Marcelo Bretas  - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O juiz da Lava Jato do Rio de Janeiro Marcelo Bretas cumprimentou Sergio Moro por ter aceitado nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para assumir o Ministério da Justiça e Segurança Pública no próximo governo.

"Competência profissional e dignidade pessoal não lhe faltam para exercer as maiores funções em nossa República. Minhas orações para que Deus lhe dê sabedoria para superar os novos desafios, paz e felicidade a toda sua família", escreveu no Twitter.
Moro também recebeu os cumprimentos do presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Fernando Mendes.

Leia também:
Políticos comentam decisão de Moro sobre ministério
'É uma opção de vida e precisamos respeitá-la', diz Marco Aurélio sobre decisão de Moro
'Moro assumir ministério é vergonhoso para a Justiça brasileira', diz líder do PT na Câmara
Em 2016, Moro disse a jornal que 'jamais entraria para a política'
'Moro aceitou ministério como um jovem universitário recebendo o diploma', diz Bolsonaro

"Cumprimento o Sergio Moro pelo convite para assumir o cargo de Ministro da Justiça. Desejo-lhe sorte nas novas funções. Moro sempre foi um juiz federal exemplar e que muito contribuiu para o fortalecimento da Justiça Federal", afirmou Mendes.

A Operação Lava Jato seguirá com os juízes de Curitiba. Moro afirmou que se afastará das novas audiências e que mais detalhes serão fornecidos em coletiva de imprensa na próxima semana. Ele já não participará de audiência com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no próximo dia 14, que deverá ficar a cargo da juíza substituta Gabriela Hardt. O novo titular definitivo da Lava Jato ainda será definido.

Veja também

Bolsonaro recebe resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento
PRESIDENTE

Bolsonaro recebe resultado negativo de exame para Covid e deve deixar o isolamento

Estatais de Exército e Marinha são excluídas de auditoria sobre pagamentos de R$ 44 mi acima do teto
Governo

Estatais de Exército e Marinha são excluídas de auditoria sobre pagamentos de R$ 44 mi acima do teto