Cabral cita intervenção no Rio para pedir transferência do Paraná

Defesa alega que a passagem da segurança do Rio para mãos do Governo Federal leva a perda de efeito da motivação de permanência de Cabral no Paraná

Sérgio Cabral Sérgio Cabral  - Foto: José Lucena/Folhapress

Em petição encaminhada ao Supremo Tribunal Federal na segunda-feira (19), a defesa pede liminar e afirma que, como o governo federal passou a ter responsabilidade sobre a segurança do Estado, inclusive a administração de presídios, perde efeito a motivação da permanência dele no Paraná.

Em janeiro, o ex-governador foi levado para o complexo penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, porque estava supostamente recebendo regalias no sistema penitenciário do Rio. "Com o novo cenário da administração penitenciária do Rio de Janeiro, assumida pelos militares, todavia, se havia algum receio nesse sentido, ele evidentemente não existe mais", diz documento assinado pelo advogado Rodrigo Roca.

Leia também:
Dodge se manifesta contra retorno de Sérgio Cabral a presídio no Rio
Ex-governador Sérgio Cabral é denunciado pela 21ª vez na Lava Jato
Moro ordena transferência de Sérgio Cabral do Rio para o Paraná

O advogado pleiteia a transferência a tempo de seu próximo depoimento à Justiça Federal do Rio, marcado para a próxima terça-feira (27). O Ministério Público do Rio ajuizou ação de improbidade sobre os supostos privilégios para Cabral e diz que, entre os benefícios, estavam a instalação de uma "videoteca" e a manipulação do sistema de videomonitoramento na cadeia de Benfica, no Rio.

Veja também

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes
Rio de Janeiro

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar
Eleições 2020

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar