Congresso

Comissão ouve ministro da Justiça sobre relatório com dados de opositores do governo

Reunião será fechada ao público e à imprensa

Ministro da Justiça e Segurança Pública, André MendonçaMinistro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça - Foto: Marcelo Casal JR/ABR

A  Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência ouve nesta tarde o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, que falará sobre o relatório sigiloso elaborado pela pasta com dados de quase 600 servidores públicos ligados a movimentos antifascistas e opositores do governo Bolsonaro.

Deputados e senadores querem esclarecimentos de Mendonça sobre o documento, cuja existência foi revelada em reportagem do portal UOL no último fim de semana.

A audiência acontecerá por videoconferência, a partir das 15 horas, e será fechada ao público e à imprensa. Apenas os 12 parlamentares que compõem a comissão mista, presidida pelo senador Nelsinho Trad (PSD-MS), poderão participar.

Nesta semana, em entrevista ao programa "Roda Viva", da TV Cultura, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que a situação de Mendonça fica "pior a cada dia" e cobrou a presença do ministro da Justiça no Congresso para dar explicações sobre o dossiê.

Veja também

Justiça Eleitoral já registrou mais de 55 mil pedidos de candidaturas
Eleições 2020

Justiça Eleitoral já registrou mais de 55 mil pedidos de candidaturas

Barroso defende trabalho da imprensa no combate à desinformação
STF

Barroso defende trabalho da imprensa no combate à desinformação