CPI da Covid

CPI adia depoimento de presidente da Anvisa e muda cronograma da próxima semana

A mudança se deu por causa do alongamento do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga; Barra Torres agora será ouvido na próxima terça (11)

Presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra TorresPresidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Os senadores que integram a CPI da Covid-19 decidiram adiar o depoimento do diretor-presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), Antonio Barra Torres, que estava previsto para esta quinta-feira (6).

A mudança se deu por causa do alongamento do depoimento do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ainda em andamento no período da tarde. Os trabalhos da CPI precisam, segundo regimento, encerrar antes da sessão plenária do Senado, prevista para as 16h.

Com a mudança, Barra Torres agora será ouvido na próxima terça-feira (11). No dia seguinte, está marcado o depoimento do ex-secretário de Comunicação da Presidência Fabio Wajngarten.

Na quinta-feira (13), serão ouvidos o ex-ministro das Relações Exteriores Ernesto Araújo e representantes da farmacêutica Pfizer. Os senadores ainda podem discutir o cronograma antes do fim da sessão.

Veja também

Governo defende que civis sejam julgados pela Justiça Militar em caso de ofensa às Forças Armadas
Brasil

Governo defende que civis sejam julgados pela Justiça Militar em caso de ofensa às Forças Armadas

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid
Coronavírus

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid