CPI 8 de Janeiro

CPI: Parlamentares aprovam quebra de sigilo de celulares de Bolsonaro, Cid e Torres; veja lista

Requerimentos votados em bloco na sessão desta terça-feira da comissão fecham cerco ao ex-presidente

 Parlamentares aprovaram a quebra de sigilo do celular do ex-chefe do Palácio do Planalto,Jair Bolsonaro Parlamentares aprovaram a quebra de sigilo do celular do ex-chefe do Palácio do Planalto,Jair Bolsonaro - Foto: Anderson Riedel/PR

Em um dia marcado por derrotas para o ex-presidente Jair Bolsonaro na CPI do Janeiro, parlamentares aprovaram a quebra de sigilo do celular do ex-chefe do Palácio do Planalto. Além disso, outros dois ex-assessores próximos a ele, o ex-ministro da Justiça Anderson Torres e o ex-ajudante de ordens Mauro Cid, poderão ter os dados de seus aparelhos acessados pelos integrantes da comissão.

A comissão também decidiu que vai convocar personagens centrais para apurar os ataques golpistas do dia 8 de janeiro, incluindo Torres e Cid. Os generais Walter Braga Netto e Augusto Heleno, ex-ministros de Bolsonaro, também tiveram suas convocações aprovadas.

Há também solicitações aprovadas para convocar George Washington de Oliveira, preso após uma tentativa de ataque com bomba nas intermediações do aeroporto internacional de Brasília em dezembro.

Outros personagens, no entanto, tiveram os requerimentos rejeitados. Foram eles o general Gonçalves Dias, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional, e o ex-diretor adjunto da Agência Brasileira de Inteligência (Abin) Saulo Moura da Cunha, que estava no comando da agência no dia 8 de janeiro. A oposição tinha interesse de chamar os dois para emplacar a tese de que o governo se omitiu.

Veja a lista dos principais requerimentos aprovados nesta terça:

Convocação do ex-ministro da Justiça Anderson Torres.

Convocação de Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro.

Quebra do sigilo do celular de Bolsonaro.

Convocação de George Washington de Oliveira, preso após tentativa de ataque com bomba na DF.

Quebra do sigilo do celular de Anderson Torres.

Quebra do sigilo do celular de Mauro Cid.

Compartilhamento de dados e alertas da Abin antes dos ataques do dia 8 de janeiro.

Convocação de Gustavo Henrique Dutra de Menezes, ex-chefe do Comando Militar do Planalto (CMP)

Cópia integral de todos os e-mails/mensagens e documentos/ofícios emitidos ou recebidos pelo Comando Militar do Planalto - CMP, entre os dias 06 e 08 de janeiro de 2023, em razão das medidas de segurança adotadas para restringir o acesso de manifestantes

Convocação de Jorge Eduardo Naime, Coronel da Polícia Militar do DF, então Comandante do Departamento de Operações (DOP) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF).

Convocação de Walter Braga Netto, ex-ministro da Casa Civil e da Defesa de Bolsonaro

Convocação de Augusto Heleno, ex-ministro do GSI de Bolsonaro

Convocação de Elcio Franco, ex-assessor da Casa Civil no governo Bolsonaro

Pedido de informação ao Telegram sobre os atos do dia 8 de janeiro

Convocação de Julio Danilo, ex-secretário de Segurança Pública do DF

Veja também

Lula cumpre agenda com Juscelino Filho, ministro indiciado pela PF por corrupção
COMPROMISSO

Lula cumpre agenda com Juscelino Filho, ministro indiciado pela PF por corrupção

TRF2 veta uso de dados de equipamentos de Rosinha Garotinho como prova
Rio de Janeiro

TRF2 veta uso de dados de equipamentos de Rosinha Garotinho como prova

Newsletter