Daniel Coelho e João Paulo comentam pesquisa Ibope

Para João Paulo, pesquisa não reflete a realidade que ele sente nas ruas

Advogada eleitoral Diana Câmara explicou algumas regras que precisam ser seguidas nesta reta finalAdvogada eleitoral Diana Câmara explicou algumas regras que precisam ser seguidas nesta reta final - Foto: Arthur de Souza/Folha de Pernambuco

Ultrapassado pelo atual prefeito e candidato à reeleição, Geraldo Julio (PSB), que somou 38%, o candidato à Prefeitura do Recife, ex-prefeito João Paulo (PT), avaliou, ontem, que a pesquisa Ibope, encomendada pela Folha de Pernambuco em parceira com a Rede Globo Nordeste, não refletia a realidade que ele sentia das ruas. “Há uma diferença significativa entre o que a pesquisa mostra e o que estamos sentindo nas ruas da Cidade e nos bairros onde temos andado”, afirmou o petista, que está em segundo, com os mesmos 27% da pesquisa anterior.

Questionado sobre os aspectos da pesquisa, João Paulo disse que não iria comentar nenhum outro dado. Ele estacionou na mesma porcentagem da pesquisa de 22 de agosto e foi superado em 12 pontos percentuais pelo candidato do PSB.

Já Daniel Coelho (PSDB) se disse animado com o crescimento registrado entre as duas pesquisas (de 11% para 13%). O tucano afirmou que irá ultrapassar João Paulo (PT), no decorrer das próximas semanas. Ele relembrou o resultado da eleição para o Senado em 2014, quando o petista liderava as pesquisas de intenção de voto, mas perdeu a eleição para o atual senador Fernando Bezerra Coelho (PSB), e disse acreditar que o PT tende a perder simpatia da população no decorrer da campanha eleitoral.

“Com certeza, o resultado da pesquisa anima muito. É um movimento de virada parecido com 2014. Esperávamos nosso crescimento, justamente, na reta final de campanha e ao longo dessas duas semanas iremos ultrapassar”, declarou.

Veja também

Embaixador de Israel cobra compromisso com verdade histórica sobre o nazismo de governadora de SC
santa catarina

Embaixador de Israel cobra compromisso com verdade histórica sobre o nazismo de governadora de SC

Deputado do PT pede afastamento de Salles por quebra de decoro após ofensa a Rodrigo Maia
política

Deputado do PT pede afastamento de Salles por quebra de decoro após ofensa a Rodrigo Maia