Inelegível

Defesa de Bolsonaro avalia recorrer da decisão do TSE no STF

Após a proclamação do resultado do julgamento, Carvalho disse que vai aguardar a publicação do acórdão

Ex-presidente Jair BolsonaroEx-presidente Jair Bolsonaro - Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O advogado Tarcísio Vieira de Carvalho, representante do ex-presidente Jair Bolsonaro, disse nesta sexta-feira (30) que avalia recorrer da decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que condenou o ex-presidente à inelegibilidade por oito anos

Após a proclamação do resultado do julgamento, Carvalho disse que vai aguardar a publicação do acórdão, documento que reúne os votos proferidos por todos os ministros, para entrar com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF). 

“A defesa recebe com profundo respeito a decisão do tribunal e aguarda a publicação oficial dos votos para verificar qual a estratégia, inclusive recorrer ao STF”, afirmou. 

Mais cedo, o TSE, por 5 votos a 2, condenou o ex-presidente. Conforme a maioria dos ministros, Bolsonaro cometeu abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação ao promover reunião realizada com embaixadores, em julho do ano passado, no Palácio da Alvorada, para atacar o sistema eletrônico de votação. 

Três dos sete ministros do TSE também fazem parte do STF e podem participar do julgamento do eventual recurso. 

Pelas regras internas da Corte, os ministros que atuam no tribunal eleitoral não ficam impedidos automaticamente de julgar questões constitucionais em processos oriundos do TSE.

Veja também

Desoneração da folha de pagamento ainda gera impasse no Congresso Nacional. Entenda
LEGISLATIVO

Desoneração da folha de pagamento ainda gera impasse no Congresso Nacional. Entenda

Acordo entre MDB e União em SP envolve a Câmara; confira a coluna desta terça (23)
Cláudio Humberto

Acordo entre MDB e União em SP envolve a Câmara; confira a coluna desta terça (23)

Newsletter