Defesa de Lula pede soltura imediata do ex-presidente

Caso isso não seja feito até as 19h desta quarta, quando começa o recesso judiciário, a decisão caberá ao juiz de plantão

Advogado de Lula, Cristiano Zanini Advogado de Lula, Cristiano Zanini  - Foto: Ed Machado

Em petição à 12ª Vara Federal de Curitiba, responsável pela execução penal de Lula, o advogado Cristiano Zanin Martins pediu a expedição imediata do alvará de soltura, em cumprimento à liminar do STF, e dispensou a realização de um exame de corpo de delito -para que a soltura seja realizada o quanto antes.

"Torna-se imperioso dar-se imediato cumprimento à decisão emanada da Suprema Corte", escreveu o advogado.

A juíza federal Carolina Lebbos ainda não se manifestou a respeito. A vara informou que só irá se posicionar após o comunicado oficial do STF.

Caso isso não seja feito até as 19h desta quarta, quando começa o recesso judiciário, a decisão caberá ao juiz de plantão.

Em Brasília, o líder do PT na Câmara, Paulo Pimenta (RS), também pediu a soltura de Lula nesta quarta. "Queremos o cumprimento da decisão ainda hoje", afirmou.
"Vou falar com ele (Lula) hoje à noite. Vou dar abraço nele em nome de todos os brasileiros e brasileiras que estão aguardando a liberdade dele há muito tempo", disse.

Veja também

Apex retira do ar artigo que recomendava livros de desafetos do governo Bolsonaro
Conteúdo removido

Apex retira do ar artigo que recomendava livros de desafetos do governo Bolsonaro

Fundo estrangeiro rebate Mourão, vê diálogo ‘vazio’ e cobra política ambiental
Negócios

Fundo estrangeiro rebate Mourão, vê diálogo ‘vazio’ e cobra política ambiental