Política

Deputado Daniel Silveira deixa PF e vai para batalhão prisional

Parlamentar teve celulares recolhidos durante inspeção de segurança

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ)O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) - Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) deixou, no final da tarde desta quinta-feira (18), a sede regional da Polícia Federal (PF), onde estava custodiado, e deu entrada no Batalhão Especial Prisional (BEP), em Niterói. Ele participou, mais cedo, de audiência de custódia, e teve sua prisão mantida.

À tarde, a PF emitiu nota informando que foram encontrados dois telefones celulares no local onde Silveira estava detido: “A Polícia Federal informa que, durante a execução dos protocolos de segurança realizados em local de custódia, foram localizados, no início da tarde de hoje, dois aparelhos celulares na sala onde se encontra custodiado o deputado federal Daniel Silveira, na Superintendência da PF no Rio de Janeiro.

Segundo a PF, foi determinada a instauração de inquérito policial para apurar como os celulares foram parar na sala onde estava custodiado o deputado.
 


A defesa de Silveira foi procurada para se manifestar sobre os celulares, mas ainda não se pronunciou. A prisão do deputado será avaliada pela Câmara dos Deputados amanhã (19).

Veja também

Governadores articulam envio de carta ao presidente Joe Biden sobre mudanças climáticas
Blog da Folha

Governadores articulam envio de carta ao presidente Joe Biden sobre mudanças climáticas

Deputado pede retirada do veto ao projeto que garante tablets e internet para alunos e professores
Blog da Folha

Deputado pede retirada do veto ao projeto que garante tablets e internet para alunos e professores