Em carta a centrais sindicais, Lula agradece ‘solidariedade’ no 1º de maio

No texto de dois parágrafos, Lula também menciona pessoas que foram a Curitiba para 'deixar seu carimbo' na manifestação.

Ex-presidente Lula Ex-presidente Lula  - Foto: Nelson Almeida/AFP

Dirigentes das centrais sindicais que promoveram um ato unificado no 1º de maio em Curitiba receberam nesta sexta-feira (4) uma carta assinada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na qual ele agradece o gesto de "solidariedade".

No texto de dois parágrafos, Lula também menciona pessoas que foram a Curitiba para "deixar seu carimbo" na manifestação.

Leia também:
Delegado da PF quebra som de acampamento pró-Lula
Julgamento de recurso de Lula no STF começa nesta sexta (04)


"Não esquecerei jamais a solidariedade que recebi de vocês na terça-feira (1), e também das manifestações no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e tantas outras cidades do Brasil", disse, citando também atos em capitais de fora de outros países, como Buenos Aires, Paris, Santiago e Lisboa".

"Receber o 'bom dia' de vocês pela manhã fez a gente estar junto nesse 1º de maio.
Tudo que eu sou é por causa da consciência política da classe trabalhadora brasileira, que lutou pela democracia e pela construção de um país mais justo e com mais oportunidade. É por eles que temos que seguir lutando todos os dias para construir um país e um mundo melhor para todos."

Lula cita CUT, Força Sindical, CTB, NCST, UGT, CSB e Intersindical. Ele está preso em Curitiba desde o dia 7 de abril.

Veja também

Com apoio da oposição, manifestantes fazem carreatas por impeachment pelo país
Impeachment

Com apoio da oposição, manifestantes fazem carreatas por impeachment pelo país

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos
BLOG DA FOLHA

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos