Em decreto, prefeito baiano entrega a chave da cidade a Deus

"Declaro que esta cidade pertence a Deus e que todos os setores da Prefeitura Municipal estarão sobre a cobertura do Altíssimo", diz o documento

Aplicativo inDriverAplicativo inDriver - Foto: Divulgação

Em seu primeiro ato à frente da Prefeitura de Guanambi (BA), o prefeito Jairo Magalhães (PSB) determinou em decreto a entrega da chave da cidade a Deus.

"Declaro que esta cidade pertence a Deus e que todos os setores da Prefeitura Municipal estarão sobre a cobertura do Altíssimo", diz o documento, publicado em Diário Oficial nesta segunda (2).

Magalhães afirma que "todas as forças espirituais do mal nesta cidade estarão sujeitas ao senhor Jesus Cristo de Nazaré", e ainda cancela, "em nome de Jesus, todos os pactos realizados com qualquer outro Deus ou entidades espirituais".

"E a minha palavra é irrevogável!", escreve, ao final do documento.

Este é o primeiro mandato de Magalhães à frente de Guanambi, que tem 86 mil habitantes.

A reportagem entrou em contato com o prefeito, mas sua assessoria informou que ele iria se posicionar por nota sobre o assunto ainda nesta terça (3).

Veja também

CPI da Covid deve ter maioria de senadores independentes ou de oposição; veja prováveis nomes
Pandemia

CPI da Covid deve ter maioria de senadores independentes ou de oposição; veja prováveis nomes

Senado aprova prorrogação da situação de emergência de saúde no País
Pandemia

Senado aprova prorrogação da situação de emergência de saúde no País