Partido

Em meio a briga com Jefferson, presidente do PTB vai ao TSE para entrar no diretório do partido

Graciela Nienov acionou corte com pedido de reintegração de posse

Graciela NienovGraciela Nienov - Foto: divulgação/

A presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Graciela Nienov, pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a reintegração de posse do diretório nacional do partido, em Brasília, onde está impedida de entrar. No pedido encaminhado`à Corte Eleiroral nesta terça-feira,  ela acusa o grupo político do presidente de honra do partido, Roberto Jefferson, de impedir a sua entrada.

"Está-se diante do inimaginável: não se dá acesso, à presidente de um partido, ao escritório do seu próprio diretório nacional. Esse o nível e interferência do ex-dirigente e seus coligados, Senhor Ministro", diz a ação apresentada ao TSE.

Neste domingo, Jefferson anunciou nas redes sociais que Nienov pediu para deixar a presidência nacional do partido por "não possuir condição moral ou política" para continuar no cargo após uma briga interna e acusações de traição.

Ao Globo, porém, Graciela negou ter pedido demissão, e disse que foi Jefferson quem pediu seu afastamento. Segundo ela, a situação do comando da legenda deve ser definida a partir de amanhã.

Veja também

Após não entender o significado de "cis", Bolsonaro ironiza PF: "Eu sou homem, né?"
EX-PRESIDENTE

Após não entender o significado de "cis", Bolsonaro ironiza PF: "Eu sou homem, né?"

Mendonça sobre balas perdidas: "Não há razão para que o Judiciário fomente inércia da Polícia"
Judiciário

Mendonça sobre balas perdidas: "Não há razão para que o Judiciário fomente inércia da Polícia"