MINISTÉRIO

Em nota, Padilha anuncia que Sabino irá "liderar a pasta do Turismo"

Comunicado é divulgado em meio a desencontros da comunicação do governo sobre o assunto

Celso Sabino (União-PA), aliado de Lira, é cotado para assumir ministério de LulaCelso Sabino (União-PA), aliado de Lira, é cotado para assumir ministério de Lula - Foto: Agência Câmara

Em nota, o ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, anunciou nesta quinta-feira (6) que o deputado Celso Sabino "vai liderar a pasta do Turismo". Padilha diz que o governo só espera uma reunião com caciques do União Brasil para poder oficializar a saída de Daniela Carneiro, atual ocupante do cargo.

"O presidente Lula e eu nos reuniremos com o presidente e os líderes do União Brasil, em data a ser definida amanhã, para receber a indicação do deputado Celso Sabino, que vai liderar a pasta do Turismo, dando continuidade ao trabalho pela recuperação de um setor tão importante para a geração de emprego e renda no Brasil", escreveu Padilha

O anúncio ocorre em meio a desencontros da comunicação do governo sobre o assunto. Mais cedo, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve uma reunião com a ministra.

Após a conversa, o ministro da Secretaria de Comunicação (Secom), Paulo Pimenta, afirmou que o governo iria esperar a votação de temas econômicos importantes para debater trocas no primeiro escalão. A postura irritou integrantes do União, que já davam como certa a troca, e causou "uma grande confusão" no Palácio do planalto, segundo auxiliares de Lula.

À tarde, Pimenta deu outra versão e disse que a ministra já tinha "o conhecimento" de que outro nome será indicado para sua função.

— Não tem carta. Mas a ministra já colocou o cargo à disposição. O anúncio é que ocorrerá após as conversas se concluírem. Mas ela já comunicou ao presidente e já tem conhecimento que será indicado um outro nome para ocupar a função que hoje ela tem — disse Pimenta.

"Hoje, o presidente Lula e eu recebemos, no Palácio do Planalto, a minha colega Daniela Carneiro, acompanhada do prefeito Waguinho. Na conversa, pudemos esclarecer as questões partidárias que motivam a troca no Ministério do Turismo, e a ministra demonstrou sua compreensão com a decisão do governo. O presidente agradeceu a ministra pelo excelente trabalho feito pela recuperação do Turismo no Brasil e pela disposição dela de permanecer contribuindo com o governo no Congresso, com o protagonismo de ser a deputada federal mais votada do Rio de Janeiro", diz Padilha, na nota.

Veja também

Cid Gomes declara apoio a senadora do PT que Ciro chamou de "assessora de assuntos de cama"
ceará

Cid Gomes declara apoio a senadora do PT que Ciro chamou de "assessora de assuntos de cama"

Caso Marielle: STF decide se aceita denúncia contra irmãos Brazão e delegado
CASO MARIELLE

Caso Marielle: STF decide se aceita denúncia contra irmãos Brazão e delegado

Newsletter