Em nova fase da Calicute, PF busca operador de Sérgio Cabral

A força-tarefa cumpre o pedido de prisão de Ari Ferreira da Costa em braço fluminense da Operação Lava Jato

Polícia FederalPolícia Federal - Foto: Cristina Índio do Brasil/Agência Brasil

A Polícia Federal no Rio de Janeiro realiza, na manhã desta quinta (2), uma nova fase da Operação Calicute, braço fluminense da Operação Lava Jato. A força-tarefa cumpre o pedido de prisão de Ari Ferreira da Costa, que segundo a investigação é um dos operadores de pagamentos de propina ao ex-governador Sérgio Cabral (PMDB).

Há outros dez mandados de busca e apreensão. A primeira etapa da Calicute foi deflagrada em novembro, com a prisão de Cabral.

Na semana passada, o desdobramento da operação -a Eficiência- resultou na prisão do empresário Eike Batista e de seu sócio, Flávio Godinho, além de outros operadores de Cabral.

Veja também

Queiroga vê risco de oferta irregular de vacina e diz ter o dever de persuadir Bolsonaro
Ministério da Saúde

Queiroga vê risco de oferta irregular de vacina e diz ter o dever de persuadir Bolsonaro

Pacheco e Queiroga discutem uso de fábricas de vacina animal para produzir imunizante contra Covid
Coronavírus

Pacheco e Queiroga discutem uso de fábricas de vacina animal para produzir imunizante contra Covid