Política

Em reaproximação, Bolsonaro agradecerá Maia em pronunciamento

O discurso foi gravado nesta quarta e será divulgado às 20h em televisões, rádios e redes sociais

Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e o Presidente da República, Jair BolsonaroPresidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia e o Presidente da República, Jair Bolsonaro - Foto: Marcos Corrêa/PR

Em pronunciamento em cadeia nacional, que vai ao ar nesta quarta-feira (25), o presidente Jair Bolsonaro fará um gesto de aproximação ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ao agradecê-lo nominalmente pelo esforço de aprovação da proposta da reforma da Previdência na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

O discurso foi gravado nesta quarta e será divulgado às 20h em televisões, rádios e redes sociais. A mensagem é uma tentativa de melhorar a interlocução do Executivo com o Legislativo. Por isso, o presidente também faz uma deferência ao Congresso, exaltando o empenho dos parlamentares como um todo para a votação da medida.

O movimento de Bolsonaro para se reaproximar de Maia teve início no começo deste mês, quando, em evento público, o presidente chamou o parlamentar de "irmão" e fez questão de posar ao seu lado em fotografias. O aceno ocorreu após ambos trocarem críticas e Maia ter dito que não ajudaria mais na articulação da reforma.

Leia também:
'Vira a página', diz Mourão ao ser questionado sobre críticas de Carlos Bolsonaro
Rodrigo Maia barra pedido de impeachment de Mourão


A mudança de postura ocorreu após o presidente ter sido convencido pelo núcleo militar e pela equipe econômica que Maia é essencial no processo de aprovação da mudança no regime de aposentadorias e que um conflito entre ambos poderia ameaçar a iniciativa.
Embora sejam do mesmo partido, o DEM, Maia e o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, pertencem a grupos distintos da legenda e desenvolveram um clima de animosidade desde a votação do pacote de dez medidas anticorrupção, há dois anos.

Numa tentativa de reaproximação, os dois se reuniram por dois dias seguidos esta semana, para reforçar a imagem de que o governo está comprometido com a aprovação da reforma. Onyx foi a cafés da manhã na residência oficial da Presidência da Câmara na terça e na quarta.

Aprovada na CCJ na noite de terça-feira (23), a reforma previdenciária ainda está em fase inicial de tramitação. A proposta teve dificuldade nesta primeira fase, na qual teve a votação adiada pelo menos três vezes: a previsão inicial do governo era que a constitucionalidade fosse analisada até o meio de março.

Na CCJ, a proposta andou apenas depois de o governo ceder e fechar acordo com os partidos do centrão para desidratar o texto já no primeiro colegiado. A CCJ é responsável por avaliar a constitucionalidade da proposta. O governo e Maia defendiam que só se mexesse no texto na segunda fase.

A expectativa é de que, na comissão especial, o texto seja ainda mais desidratado: já há consenso entre líderes da maioria dos partidos para que sejam alterados os pontos referentes à aposentadoria rural e ao BPC (Benefício de Prestação Continuada), pago a idosos miseráveis.

Depois, se aprovada, a PEC será submetida à análise do plenário, onde precisará do apoio de pelo menos 308 deputados, em dois turnos, dos 513 deputados para seguir adiante. A previsão de aliados de Maia é que a reforma seja votada no plenário da Casa apenas no segundo semestre deste ano.

Na tentativa de angariar mais apoio para aprovação do texto, o governo ofereceu destinar um extra de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado federal que votar a favor da reforma da Previdência, conforme publicou o jornal Folha de S.Paulo.

Veja também

PL veta apoio de bolsonaristas a candidatos de outros partidos e proíbe manifestações em redes
Política

PL veta apoio de bolsonaristas a candidatos de outros partidos e proíbe manifestações em redes

Deputado do PT apresenta projeto que retira gastos com mudanças climáticas da meta fiscal
Política

Deputado do PT apresenta projeto que retira gastos com mudanças climáticas da meta fiscal

Newsletter