BLOG DA FOLHA

Emoção e prestígio na homenagem à Folha de Pernambuco na Câmara dos Deputados

Sessão solene reuniu políticos, empresários e autoridades em Brasília

Emoção e prestígio na homenagem à Folha de Pernambuco na Câmara dos Deputados, em BrasíliaEmoção e prestígio na homenagem à Folha de Pernambuco na Câmara dos Deputados, em Brasília - Foto: Daniel Cardoso/ Divulgação

A sessão solene em homenagem aos 25 anos da Folha de Pernambuco, ontem, no Auditório Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, foi marcada pela emoção e pelo prestígio à solenidade. A bancada de Pernambuco no Congresso Nacional compareceu em peso ao evento, que contou ainda com a presença de ministros, deputados estaduais, vereadores, empresários e autoridades, como o prefeito do Recife, João Campos. 

Do jornal, marcaram presença o presidente do Grupo EQM e fundador da Folha de Pernambuco, Eduardo de Queiroz Monteiro; o diretor executivo, Paulo Pugliesi; a diretora administrativa, Mariana Costa; o diretor do Grupo EQM Domingos Azevedo; a editora-chefe, Leusa Santos; e a colunista Betânia Santana.

A maioria dos deputados que subiram a tribuna para homenagear o jornal, em discurso, fez questão de registrar o quanto estavam impressionados pela quantidade de personalidades na plateia.

História do veículo
Na tribuna, Eduardo de Queiroz Monteiro começou o seu discurso fazendo questão de agradecer nominalmente aos convidados. O presidente do Grupo EQM, do qual a Folha faz parte, narrou um pouco da história do veículo, desde a sua fundação. Lembrou também com emoção da importância do pai na trajetória da empresa, Doutor Armando Monteiro Filho (1925-2018), com quem contou com a ajuda para montar o jornal. “Ele alugou o imóvel, e a Folha está até hoje naquele imóvel”, disse. “Naquela época ele pessoalmente conduziu essa locação e lá instalamos a Folha”, relembrou.

Ainda em seu discurso, Eduardo Monteiro afirmou que, a rigor, a verba publicitária pública é importante pela margem, pelo volume, mas que o jornal conseguiu equilíbrio prescindindo desse tipo de recurso. “E isso dá ao jornal uma autonomia editorial que é algo importantíssimo para que a gente possa continuar nossa luta respeitando os atores políticos. O jornal, embora sendo de domínio privado, é um ente público. Ele tem que permitir que todas as forças, com sua pluralidade, se representem no jornal”, declarou.

Confiança dos leitores
O deputado federal Luciano Bivar (UB-PE) presidiu a mesa, composta pelo autor do requerimento da homenagem, deputado federal Augusto Coutinho (Republicanos-PE), o ministro da Defesa, José Múcio Monteiro, além de Eduardo Monteiro, Paulo Pugliesi, Mariana Costa e Leusa Santos.

Ao abrir a sessão, Bivar afirmou que o jornal provou sua resiliência econômica, conquistando a confiança de leitores, de anunciantes, de fontes de informações e do mercado. “Isso não apenas em decorrência dos seus textos, mas também em decorrência da forma de expressar esses textos. A Folha trouxe várias inovações editoriais, como formato compacto, de leitura mais fácil e mais acessível”, complementou.

Já Augusto Coutinho disse que coube a Eduardo Monteiro a iniciativa de abrir uma terceira via no mercado de comunicação do Estado, quando muitos pensavam que não existia espaço para um novo veículo. Para o parlamentar, “por ser inovadora na linha editorial, a Folha também conquistou o mercado publicitário tornando-se um sucesso comercial e abrindo margem para a própria expansão”, ganhando depois o reforço do portal de notícias e da Rádio Folha 96,7 FM.

Sessão prestigiada
O prefeito João Campos registrou a surpresa de estar numa sessão tão prestigiada. “Tenho certeza que se abrir o painel dá quórum”, brincou, acrescentando que a bancada de Pernambuco completa estava na Câmara.

“Estou de volta a esta tribuna para fazer uma justa homenagem a um veículo de comunicação que é comandado por um querido amigo, que é Eduardo Monteiro. Como ele sempre diz, a nossa relação nos antecede. Começou com o velho, que é como ele chama o meu pai [Eduardo Campos]. A amizade que eles tinham era algo verdadeiro, e algo que tenho a oportunidade de hoje carregar”, explicou.

Veja também

Lula cobra de Padilha e líderes governistas que conversem mais com Congresso
cobranças políticas

Lula cobra de Padilha e líderes governistas que conversem mais com Congresso

Cid Gomes declara apoio a senadora do PT que Ciro chamou de "assessora de assuntos de cama"
ceará

Cid Gomes declara apoio a senadora do PT que Ciro chamou de "assessora de assuntos de cama"

Newsletter