Ex-assessor da Presidência Marco Aurélio Garcia morre aos 76 anos

Segundo integrantes do partido, a suspeita é de um infarto. Amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele sofria de problemas cardíacos

Marco Aurélio GarciaMarco Aurélio Garcia - Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Morreu nesta quinta-feira (20) o professor Marco Aurélio Garcia, ex-assessor da Presidência da República nos governos do PT e fundador do partido.

Segundo integrantes do partido, a suspeita é de um infarto. Amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ele tinha 76 anos e sofria de problemas cardíacos.

Garcia participou do ato em apoio a Lula após a condenação do ex-presidente pelo juiz Sergio Moro, na semana passada.

Ele era professor aposentado de história da Unicamp e se graduou em filosofia e direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Começou a vida pública como vereador em Porto Alegre, nos anos 1960, pelo antigo Partido Republicano.

Na ditadura, exilou-se no Chile e na França e, ao voltar ao Brasil, ajudou a fundar o PT.

Ocupou cargos em prefeituras petistas em Campinas e em São Paulo, na gestão de Marta Suplicy. Também coordenou o programa de governo em candidaturas de Lula e de Dilma Rousseff à Presidência.

Com a posse do petista, em 2003, assumiu o cargo de assessor especial para Assuntos Internacionais, que ocupou até o afastamento de Dilma, em maio de 2016. Em 2006, também chegou a ser presidente do PT.

Veja também

'Fomos além do que somos obrigados a fazer', diz Bolsonaro sobre falta de oxigênio em Manaus
Amazonas

'Fomos além do que somos obrigados a fazer', diz Bolsonaro sobre falta de oxigênio em Manaus

'A lata é para enfiar no r* de vocês', diz Bolsonaro à imprensa sobre gastos do governo com alimento
Presidente

'A lata é para enfiar no r* de vocês', diz Bolsonaro à imprensa sobre gastos do governo com alimentos