Expectativa é que Lula seja novo alvo da Lava Jato

“Se for na tese do PT (de prender Cunha primeiro), o caminho está aberto e as portas de Curitiba estão abertas para Lula”, afirmou o líder do DEM na Câmara Pauderney Avelino

Governador Paulo Câmara se reúne com as bancadas pernambucanasGovernador Paulo Câmara se reúne com as bancadas pernambucanas - Foto: Júlio Gomes/Especial para a Folha PE

 

A detenção de Eduardo Cunha levou opositores do PT a cogitarem que uma ordem de prisão contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pelo juiz Sergio Moro, seria um dos próximos passos da Lava Jato.

O líder do DEM na Câmara, Pauderney Avelino (AM), disse que, com a prisão de Cunha, o próximo poderá ser Lula. “Se for na tese do PT (de prender Cunha primeiro), o caminho está aberto e as portas de Curitiba estão abertas para Lula”, afirmou. 

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Osmar Serraglio (PMDB-PR), manifestou opinião semelhante. “Eu não li a decisão [da prisão de Cunha]. Mas isso sinaliza que daqui a pouco vai o Lula também, pelo andar da carruagem”, afirmou Serraglio.

 O deputado do PT Henrique Fontana (RS) defendeu a inocência de Lula e afirmou não ver motivos para a prisão do ex-presidente, “Só pode prender quem cometeu crimes. As pessoas que não gostam do Lula podem se expressar numa eleição, mas não podem querer fazer Justiça com as próprias mãos. Justiça com as próprias mãos nos leva à barbárie”, disse.

 

Veja também

Procuradoria pede que Justiça afaste Ricardo Salles do Meio Ambiente
governo

Procuradoria pede que Justiça afaste Ricardo Salles do Meio Ambiente

Após exame no pulmão, Bolsonaro diz que fará novo teste para coronavírus e cancela agenda
Coronavírus

Após exame no pulmão, Bolsonaro diz que fará novo teste para coronavírus e cancela agenda