Fala aos “eleitores” e parceria com Diogo

Uchoa é presidente da Alepe pela quinta vez consecutiva

Congresso nacionalCongresso nacional - Foto: Reprodução/ Internet

O encontro era do PSB, mas o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa, estava lá, compondo a mesa, ontem, no Hotel Portal de Gravatá, no Agreste. “Por incrível que pareça, sou do PDT”, sublinhou o mandatário da Casa de Joaquim Nabuco ao fazer seu pronunciamento. E arrancou risadas da plateia ao sapecar a seguinte fala: “Queria cumprimentar os presentes, prefeitos, meus colegas deputados - meus eleitores”. A referência aos parlamentares, chamando-os de eleitores, movimentou a plateia por uma razão: ele já está trabalhando por sua recondução ao cargo de dirigente da Alepe. O assunto dominou as rodas de conversas no encontro, que reuniu 60 prefeitos da legenda. Nas coxias, os deputados já começaram a receber pedidos de votos há algum tempo. Em 2015, Uchoa apoiou o nome de Diogo Moraes para a primeira secretaria. Este ano, não deve ser diferente. A aliança se mantém de pé. “Existe uma parceria, claro, como sempre a gente teve - não só na campanha, mas em toda a administração”, afirma Diogo Moraes à coluna. E acrescenta: “Por isso teve coisa que saiu mais rápido, porque a gente estabeleceu essa parceria”. São exemplos que ele cita: o plenário, que vai ser, segundo o socialista, dos mais modernos do Brasil, a reforma da área administrativa, a implantação do sistema BPMS, que prevê digitalização dos arquivos, entre outros. O deputado Romário Dias, hoje terceiro secretário, cogita concorrer à presidência ou à primeira secretaria, mas gestos e acenos, dados ontem, sugerem que Uchoa e Diogo já andam bem articulados.

Desta vez, Diogo tem apoio do PSB
O ingrediente novo na disputa deste ano, na Alepe, é que o PSB apoia Diogo Moraes. Na corrida anterior, o partido defendera a candidatura de Lula Cabral ao cargo. Ontem, o próprio Lula declarava abertamente, durante o evento, o voto no colega com quem já concorreu, em 2015. A eleição será em dezembro.

Ordem do dia > O evento juntou Diogo Moraes e parte da bancada socialista, que está alinhada com ele. Entre os deputados presentes, vários se disseram ser favoráveis à recondução do primeiro secretário.

Tempero > Ainda ontem, um jantar reuniu o líder do governo Paulo Câmara, Waldemar Borges, e Diogo Moraes. Sinal da sintonia que, hoje, predomina.

Horário > Líder da oposição, o deputado Silvio Costa Filho faz a seguinte avaliação sobre o ato do PSB, em Gravatá: “Com o aumento da criminalidade no Estado, com a possibilidade do não pagamento do 13º salário, a estrutrura do governo e do governador ir para evento, em horário de expediente, isso não é a prioridade do Estado”.

Alinhado > Em pronunciamento na tribuna, ontem, o senador Armando Monteiro chamou a atenção para o crescimento do número de homicídios no Estado, para a alta generalizada nos assaltos a ônibus, roubos de carros e explosões de caixas eletrônicos, entre outros crimes. Sublinhou que o programa Pacto pela Vida dá sinais de esgotamento. “O Pacto pela Vida sobrevive somente na propaganda do governo”.

Das pombas > E o prefeito eleito de Camaragibe, Demóstenes Meira, do PTB, cumprimentou o deputado federal Severino Ninho, ontem, em Gravatá, da seguinte forma: “Ninho, voltei para o ninho!”.

Voou > Horas depois, o PTB, em nota, anunciou a exclusão de Meira de seus quadros, lembrando que o prefeito eleito abandonou o PSB em 2014, “dizendo ter sido traído pelo partido”.

Missão > O Diretório Nacional do PT deve formalizar, entre a quinta e a sexta-feira, a indicação da presidente cassada, Dilma Rousseff, para o cargo de presidente do conselho curador da Fundação Perseu Abramo , o braço acadêmico do PT.

Veja também

Fux abre fórum de combate à violência contra a mulher
justiça

Fux abre fórum de combate à violência contra a mulher

Boulos diz que teve celular clonado, que estão pedindo dinheiro em seu nome e aciona Justiça
política

Boulos diz que teve celular clonado, que estão pedindo dinheiro em seu nome e aciona Justiça