FHC vota sob gritos de 'golpista' e depois é aplaudido em Higienópolis

Em seguida aos gritos, houve reação de apoiadores de FHC, que começaram a aplaudí-lo e a gritar "fora petralhas" e "Lula na cadeia"

Dj AronDj Aron - Foto: Divulgação

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi recebido sob gritos de "golpista" agora à tarde no Colégio Sion, em Higienópolis, onde foi votar nas eleições municipais. Ele estava acompanhado por amigos e militantes do PSDB e era seguido também por um batalhão de cinegrafistas e fotógrafos. 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, que acompanhava FHC, dois fiscais que estavam na sessão gritaram que o ex-presidente era "golpista". "Foi uma coisa pequena. O presidente classificou corretamente o que aconteceu. Isso é um sintoma de desespero".

Em seguida aos gritos, houve reação de apoiadores de FHC, que começaram a aplaudí-lo e a gritar "fora petralhas" e "Lula na cadeia". 

O ex-presidente voltou caminhando lentamente para o seu apartamento, que fica numa rua vizinha, sendo aplaudido e filmado pelo caminho. 

Após votar, FHC defendeu voto no candidato de seu partido à Prefeitura de São Paulo, João Doria (PSDB). Ele voltou a lembrar que, durante as prévias, apoiava o amigo Andrea Matarazzo, que acabou deixando a disputa interna e o partido após o embate com Doria.

"O PSDB é a favor da democracia e pela continuidade dela, e o Dória representa o PSDB", disse. O ex-presidente afirmou a amigos que não pretende ir até o comitê tucano acompanhar o resultado da apuração dos votos em São Paulo.

Veja também

Nena Cabral quer construir três novas unidades de saúde no Paulista
Eleições 2020

Nena Cabral quer construir três novas unidades de saúde no Paulista

Carlos quer explorar potencial turístico dos mercados públicos do Recife
Eleições 2020

Carlos quer explorar potencial turístico dos mercados públicos do Recife