Foto oficial de Bolsonaro é incluída na galeria de presidentes no Planalto

Exposição exibe retratos dos presidentes que governaram o país desde a Proclamação da República, em 1889

A maneira de governar do presidente é aprovada por 51% dos entrevistados e desaprovada por 40%. A maneira de governar do presidente é aprovada por 51% dos entrevistados e desaprovada por 40%.  - Foto: Alan Santos/PR

O Palácio do Planalto incluiu nesta quarta-feira (3) o retrato oficial do presidente Jair Bolsonaro (PSL) na Galeria dos Presidentes da República, que fica no andar térreo do prédio, em Brasília.

A exposição exibe retratos dos presidentes que governaram o país desde a Proclamação da República, em 1889. Abaixo da fotografia constam o nome, a data de nascimento e, quando é o caso, a data de morte.

Leia também:
Bolsonaro vai receber presidentes de partidos para debater Previdência
'Vamos jogar pesado na [reforma da] Previdência', diz Bolsonaro

Os retratos em preto e branco costumam ser pendurados na galeria de fotos apenas quando o presidente deixa o cargo. No início do mandato, a Presidência da República sempre coloca na galeria o retrato colorido de quem assumiu o cargo, mas costuma ser retirado na sequência a pedido do próprio retratado.

A foto oficial de Bolsonaro foi feita no dia 7 de janeiro no Palácio da Alvorada, pela equipe da Secretaria de Comunicação Social, e divulgada três dias depois pelas redes sociais do presidente.

Seu antecessor, Michel Temer (MDB), demorou mais de dois anos para disponibilizar seu retrato durante o exercício do cargo, o que ocorreu apenas em 11 de dezembro de 2018.

Veja também

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid
Coronavírus

Osmar Terra publica mensagem de pesar pelas 500 mil mortes por Covid

Bolsonaro multiplica palcos para radicalismo e busca popularidade
Política

Bolsonaro multiplica palcos para radicalismo e busca popularidade