Frota terá de pagar R$ 6,6 mil de seu salário a advogados de Jean Wyllys

Jean acusou Frota de promover contra ele uma série de notícias falsas na internet.

Alexandre FrotaAlexandre Frota - Foto: Câmara dos Deputados

O deputado federal Alexandre Frota (PSDB) diz que teve R$, 6,6 mil descontado de seu soldo por decisão da juíza Grace Correa Pereira, da 9ª Vara Cível de Brasília.

A magistrada aceitou o pedido da defesa Jean Wyllys para que parte do salário de Frota fosse penhorado para quitar honorários advocatícios do ex-deputado pelo PSOL.

"Já foi descontado obedecendo a justiça, menos um problema. Vamos seguir a vida", disse o parlamentar.

Jean acusou Frota de promover contra ele uma série de notícias falsas na internet.

O deputado tucano chegou a dizer que Wyllys apoiava a pedofilia em uma delas. A Justiça deu ganho de causa ao ex-deputado, e Frota foi condenado a pagar a ele indenização por danos morais.

Veja também

Contra Lula, Bolsonaro busca eleitor conservador e retórica anticorrupção
BRASIL

Contra Lula, Bolsonaro busca eleitor conservador e retórica anticorrupção

Governo abre crédito de R$ 2,6 bi para custear UTIs nos estados
Pandemia

Governo abre crédito de R$ 2,6 bi para custear UTIs nos estados