Funcionários do Itamaraty dizem ter sido informados de saída de Aloysio

Ministro das Relações Exteriores negou, na tarde desta quinta-feira (18), que entregaria o cargo e que o PSDB deixaria a base do governo

Aloysio NunesAloysio Nunes - Foto: Agência Brasil

Alguns embaixadores do Itamaraty se reuniram na tarde desta quinta-feira (18) com suas equipes para comunicarem que o ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes, deixaria o cargo. A informação foi relatada à reportagem por funcionários da chancelaria. Pessoas que trabalham com o ministro chegaram, inclusive, a desmarcar eventos em que ele tinha presença confirmada.

Se isso acontecer, Aloysio será o primeiro integrante do PSDB, aliado principal do governo de Michel Temer, a desembarcar do governo. A assessoria de imprensa do tucano informou, porém, que ele não escreveu carta de demissão e que não pretende deixar o cargo.

No início desta tarde, Aloysio também negou que entregaria o cargo e que o PSDB deixaria a base do governo. "Esperamos um esclarecimento desta situação. Por enquanto, não temos sequer o conhecimento dos áudios e dos vídeos. É preciso que isso venha a público. Por enquanto, o que temos são fragmentos, transcrições, e eu penso que essa questão não pode continuar assim. É preciso que o STF libere [áudios e vídeos], o quanto antes, para que possamos ter a inteireza de todas as informações", disse.

A declaração foi feita a jornalistas após reunião de cúpula do PSDB realizada na casa do senador Aécio Neves (PSDB-MG) em Brasília, um dos alvos da operação da Polícia Federal desta quinta.

Outro integrante da sigla, o ministro das Cidades Bruno Araújo, falou a pessoas próximas que pretende entregar o cargo. Segundo aliados, Bruno já pensava em se desligar do governo devido à Lava Jato.

Internamente, grande parte dos tucanos afirmam que o desembarque deve acontecer o quanto antes. No entanto, parte da sigla defende que é necessário ouvir os áudios que integram a delação de Joesley Batista, dono do frigorífico JBS, para tomar uma decisão.

Veja também

Cidadania recorre de decisão que barrou processo de expulsão de deputado que apalpou colega
Assédio

Cidadania recorre de decisão que barrou processo de expulsão de deputado que apalpou colega

CUT Pernambuco realiza carreata contra Bolsonaro, no sábado (23)
Impeachment

CUT Pernambuco realiza carreata contra Bolsonaro, no sábado (23)