Política

Gilmar Mendes elogia Forças Armadas, mas mantém críticas a militares na Saúde

Ministro será alvo de uma representação do Ministério da Defesa à PGR por declarações polêmicas

Gilmar MendesGilmar Mendes - Foto: Agência Brasil
Após afirmar que "o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável", declaração que desagradou militares e deve provocar uma representação do Ministério da Defesa à PGR, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, usou o twitter para elogiar as Forças Armadas, neste domingo (12). No entanto, ele manteve sua crítica à atuação militar no Ministério da Saúde.
 
"No aniversário do projeto que leva o nome de Rondon, grande brasileiro notabilizado pela defesa dos povos indígenas, registro meu absoluto respeito e admiração pelas Forças Armadas Brasileiras e a sua fidelidade aos princípios democráticos  da Carta de 88", tuitou Mendes.

 "Não me furto, porém, a criticar a opção de ocupar o Ministério da Saúde predominantemente com militares. A política pública de saúde deve ser pensada e planejada por especialistas, dentro dos marcos constitucionais. Que isso seja revisto, para o bem das FAs e da saúde do Brasil", completou o ministro em outra postagem
 

Confira:

 

 


Veja também

Conversinha mole de ficar em casa é para os fracos, diz Bolsonaro
Coronavírus

Conversinha mole de ficar em casa é para os fracos, diz Bolsonaro

Assessores da Presidência dizem ter se reunido com Carlos Bolsonaro antes de seus depoimentos à PF
investigação

Assessores da Presidência dizem ter se reunido com Carlos Bolsonaro antes de seus depoimentos à PF