Gilmar Mendes liga para Lula, que reage aos prantos no velório

'Que você tenha força', disse Gilmar. Lula agradeceu e começou a chorar, a ponto de não conseguir dizer mais nada

Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes  - Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), telefonou para o ex-presidente Lula neste sábado (2) para apresentar condolências pela morte do neto dele, Arthur, que morreu aos 7 anos vítima de meningite.

O magistrado afirmou que ele e a mulher, Guiomar, lamentavam muito a tragédia. "Estamos rezando por você. Que você tenha força", disse Gilmar. Lula agradeceu.
E começou a chorar, a ponto de não conseguir dizer mais nada. Gilmar também chorava, e a conversa teve que ser interrompida. Um dos amigos do petista, que estava ao lado dele, pegou o telefone e terminou a conversa com Mendes.

Mais cedo, o ministro tinha conversado com Fábio Luís, um dos filhos de Lula. "Nós que somos pais e avôs sabemos avaliar a dor desse momento", disse o ministro, pedindo que Fábio Luís desse um abraço no pai em seu nome, caso não conseguisse conversar com o ex-presidente. Gilmar Mendes tem dois filhos e dois netos.

Leia também: 
Lula chega a São Paulo para o velório de seu neto; filho de Bolsonaro critica
‘Fiz o que ele ou qualquer um faria no meu lugar’, diz governador do PR sobre aeronave cedida a Lula
Paulo Câmara presta solidariedade a Lula pela morte do neto

De acordo com relatos, Fábio Luís ficou surpreso e emocionado com o telefonema. "Muito bacana, muito bacana", disse a um amigo que abraçou logo depois.

Veja também

Com apoio da oposição, manifestantes fazem carreatas por impeachment pelo país
Impeachment

Com apoio da oposição, manifestantes fazem carreatas por impeachment pelo país

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos
BLOG DA FOLHA

Carreata no Recife pede impeachment de Bolsonaro e vacinação para todos