Gilmar revoga medida de busca e apreensão em endereços de advogado de Lula

A decisão do magistrado acatou parcialmente pedido feito pelo Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB)

Gilmar MendesGilmar Mendes - Foto: Agência Brasil

O ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal), revogou as medidas de busca e apreensão realizadas no escritório e na casa do advogado José Roberto Batochio.

A decisão do magistrado acatou parcialmente pedido feito pelo Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Batochio advoga para o ex-presidente Lula e já foi defensor de Antonio Palocci no passado. Em agosto, a Polícia Federal realizou mandados de busca em endereços ligados ao ex-presidente da Petrobras, Graças Foster, e do BTG Pactual, André Esteves, baseados em delação de Palocci.

Leia também:
STJ aceita pedido de Lula e suspende julgamento sobre sítio de Atibaia no TRF-4
Recurso de Lula andou mais rápido que 85% dos casos 

Batochio também foi alvo de buscas na ocasião, medida que a OAB chamou de "execrável".

Veja também

Alepe elege nova Mesa Diretora. Eriberto Medeiros é reeleito presidente da Casa
PERNAMBUCO

Alepe elege nova Mesa Diretora. Eriberto Medeiros é reeleito presidente

Polícia do Rio intima Bonner e Renata após censura no caso das 'rachadinhas' de Flávio Bolsonaro
rio de janeiro

'Rachadinhas' de Flávio Bolsonaro: Polícia intima Bonner e Renata