Governo acerta novo programa de repatriação de recursos

O programa de repatriação cujo prazo de adesão terminou nesta segunda-feira (31) foi proposto pela ex-presidente

Daniel Leite, Branca Alves e Márcio DidierDaniel Leite, Branca Alves e Márcio Didier - Foto: Henrique Genecy

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), anunciou nesta terça-feira (1º) que irá apresentar um projeto para reabrir o programa de regularização de ativos mantidos no exterior. Segundo Renan, abertura de um novo programa de repatriação foi acertada com o presidente Michel Temer. O projeto será apresentado na próxima terça-feira (8) e, desta vez, começará a tramitar pelo Senado. Depois, terá de ser aprovado pela Câmara.

O programa de repatriação cujo prazo de adesão terminou nesta segunda-feira (31) foi proposto pela ex-presidente Dilma Rousseff e aprovado primeiro na Câmara de depois pelo Senado. Foram arrecadados mais de R$ 50,9 bilhões na primeira fase. Renan disse esperar repetir o mesmo valor com a reabertura, o que deve ajudar os cofres públicos em 2017. Na última quinta-feira (27), o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que não seria necessário refazer a medida para 2017.

Veja também

PF intercepta carreata e prende participantes, em Salgueiro
Eleições 2020

PF intercepta carreata e prende participantes, em Salgueiro

Bico em campanha eleitoral gera renda na pandemia
Eleições 2020

Bico em campanha eleitoral gera renda na pandemia