Governo do Estado sente cheiro de retaliação no ar

Recursos da Integração Nacional também estão difíceis de sair

A tensão não é explícita, mas está latente entre o governo Michel Temer e a gestão Paulo Câmara. Ao menos, o ministro da Secretaria Geral da Presidência, Moreira Franco, não deu qualquer retorno ainda após a última conversa que teve com o vice-governador, Raul Henry, a respeito da devolução de Suape. Nos bastidores do governo estadual, paira uma "desconfiança" de que o silêncio do ministro diz muita coisa, inclusive já não se descarta eventual retaliação ao fato de o deputado Jarbas Vasconcelos ter votado a favor do prosseguimento da denúncia contra Michel Temer na Câmara Federal. Outra aresta: o voto, no PSB, a despeito do racha na bancada, também foi orientado contra o presidente. Não faz um mês que Henry esteve em Brasília com Moreira Franco e o ministro comprometeu-se a consultar Temer sobre a agenda em Suape. A lacuna não é só essa. O Aeroporto dos Gurarapes foi incluído no pacote de concessões pelo ministro dos Transportes, Maurício Quintella, mas o formato também não agradou o staff de Paulo Câmara. O bloco do Nordeste inclui os aeroportos de Recife, Maceió, João Pessoa, Aracaju, Juazeiro do Norte e Campina Grande. Em outras palavras, já se prevê demora do leilão, uma vez que serão muitos aerportos de uma vez só. "Para levar Recife, tem que ir junto Maceió, Aracaju, João Pessoa, Juazeiro do Norte ", pondera um auxiliar do governador. É só uma desconfiança, mas as dificuldades todas não está cheirando bem aos integrantes do Governo do Estado.

Tamo junto!
Embora ninguém dê um pio, o sentimento no governo Paulo Câmara em relação à gestão Michel Temer já anda sendo comparado, nos corredores do Palácio das Princesas, ao já externado por Geraldo Alckmin. O tucano subiu o tom sobre o não cumprimento dos repasses para as obras do Rodoanel.

Sofrendo calado > Alckmin arremessou: "Não cumpre nada, nada. Se dependesse do governo federal, essa obra estava parada". Em Pernambuco, não se verbaliza, mas há quem jure que é só uma questão de sofrer calado.

Bolo > Enquanto se falava da ida de Lula à casa de Renata Campos, ontem, no Palácio das Princesas, havia quem lembrasse que o evento da noite, em Dois Irmãos, era o aniversário de Eduarda Campos.

Recordar é viver > Em entrevista à Folha, Lula não descartou aliança com o PSB no Estado, mas, recentemente, atacara Paulo Câmara: "É o resultado daquilo que eu não acredito. Ninguém governa porque é técnico". Foi em entrevista à Revista Nordeste. Paulo, na Cabo FM, lembrou perfil técnico de Dilma. Aliados dele reagiram:"Paulo não quebrou Pernambuco. Dilma quebrou o Brasil”

Dimensão > Ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes manifestou intenção de realizar uma solenidade de inauguração do escritório da Apex no Recife. A unidade foi instalada no ano passado, mas acabou não havendo solenidade, diante das mudanças no Governo Federal. Gerente do escritório, Armando Peixoto informa que a proposta é reunir os governadores de todo o Nordeste.

Porta-voz > Prefeitos do Estado estarão reunidos, hoje, no BNB, em evento da Frente Nacional de Prefeitos, que quer apresentar a bancada federal aos gestores. Geraldo Julio indicou Danilo Cabral para representar o Recife.

Veja também

Cidades têm volta do panelaço em protesto pela má condução da pandemia pelo governo federal
Protesto

Cidades têm volta do panelaço em protesto pela má condução da pandemia pelo governo federal

Oposição decide entrar com novo pedido de impeachment de Bolsonaro por crise em Manaus
Congresso

Oposição decide entrar com novo pedido de impeachment de Bolsonaro por crise em Manaus