Governo nomeia professor da UFRJ como secretário de ciência e tecnologia na saúde

O cargo será ocupado pelo médico e biofísico Antônio Carlos Campos de Carvalho

Ministério da SaúdeMinistério da Saúde - Foto: Reprodução/Internet

O governo publicou nesta segunda-feira (4) a nomeação do médico e biofísico Antônio Carlos Campos de Carvalho para ocupar o cargo de secretário de ciência e tecnologia do Ministério da Saúde. Esse é o segundo nome confirmado até o momento na equipe do novo ministro, Nelson Teich. Até então, o único nome já oficializado era do general Eduardo Pazuello como secretário-executivo.

Leia também:
Justiça intima Ministério da Saúde a afastar direção de hospital federal no Rio
Em sua primeira viagem oficial, Teich visita Manaus, colapsada pelo coronavírus

A medida foi publicada no Diário Oficial da União. O ato foi assinado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Walter Braga Netto. No cargo, Carvalho deve ficar responsável pela avaliação de incorporação de medicamentos e tecnologias ao SUS, incluindo análises de resultados de pesquisas sobre temas caros ao governo, como uso da cloroquina para tratamento do novo coronavírus.

O novo secretário é professor titular da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) e tem mestrado e doutorado em biofísica pela mesma universidade. Seu foco acadêmico é a comunicação intercelular, células tronco e terapias celulares. Ele já havia sido diretor do departamento de ciência e tecnologia da mesma secretaria entre 2013 e 2015.

O até então secretário de ciência e tecnologia do Ministério da Saúde, Denizar Vianna, foi exonerado do cargo nesta segunda-feira (4). Na prática, Vianna deve continuar no ministério, como assessor especial de Teich, de quem é próximo. Ele havia chegado ao cargo anterior na gestão do ex-ministro, Luiz Henrique Mandetta.

Veja também

Planalto vê manifestações 'muito vermelhas', e Bolsonaro procura reforçar polarização
Manifestações contra o governo Bolsonaro

Planalto vê manifestações 'muito vermelhas', e Bolsonaro procura reforçar polarização

Novas eleições e uma nova oportunidade
Carlos Britto

Novas eleições e uma nova oportunidade