Auxílio

Governo quer pagar R$ 400 de Auxílio Brasil nesta semana via Medida Provisória

O texto será publicado ainda nesta semana

Caixa faz transmissão pelo YouTube para explicar o Auxílio BrasilCaixa faz transmissão pelo YouTube para explicar o Auxílio Brasil - Foto: Reprodução

O governo prepara a edição de uma Medida Provisória (MP) para pagar a primeira parcela de R$ 400 do Auxílio Brasil a partir desta sexta-feira, mesmo sem a promulgação da PEC dos Precatórios.

O texto, que será publicado ainda nesta semana, vai permitir que o Ministério da Cidadania use os recursos remanescentes do Bolsa Família para garantir o valor mais robusto aos beneficiários do novo programa social.

 Há recursos sobrando do Bolsa Família porque a maioria dos beneficiários recebeu o Auxílio Emergencial até outubro. Como o Auxílio Emergencial é pago fora do teto se gastos, não consome espaço do orçamento.

No início de novembro, o presidente Jair Bolsonaro sancionou uma lei que remanejou R$ 9,3 bilhões do orçamento do Bolsa Família para o Auxílio Brasil.

Desse total, R$ 3,2 bilhões foram usados para o pagamento do benefício social em novembro. As famílias, porém, receberam um valor medio de R$ 220, ou seja, apenas com o reajuste de 17%.

A nova MP vai permitir uma parcela complementar aos R$ 220, fazendo com que o valor chegue a R$ 400. Esse mesmo instrumento será usado para o valor de R$ 400 no próximo ano.

Para 2022, porém, o governo ainda precisa ver promulgada no Congresso a PEC dos Precatórios, que abre o espaço fiscal.

Veja também

Na região metropolitana de SP, Ciro fala de programa de renda mínima
Renda Mínima

Na região metropolitana de SP, Ciro fala de programa de renda mínima

'Mandei investigar', diz Bolsonaro sobre cidade fictícia de Ratanabá
Ratanabá

'Mandei investigar', diz Bolsonaro sobre cidade fictícia de Ratanabá