Guias eleitorais recomeçam

Propaganda gratuita começa a ser veiculada amanhã. Ela será mais curta e a tendência é que candidatos repitam formato do 1º turno

João Paulo não poderá mais divulgar propaganda que utiliza imagens de Geraldo Julio João Paulo não poderá mais divulgar propaganda que utiliza imagens de Geraldo Julio  - Foto: Anderson Stevens/Folha de Pernambuco

Apedido das coligações Frente Popular do Recife, encabeçada pelo prefeito Geraldo Julio (PSB), e Recife pela Democracia, pelo ex-prefeito João Paulo (PT), a propaganda eleitoral gratuita de rádio e televisão do segundo turno da campanha do Recife começa a ser veiculada amanhã e será exibida até o próximo dia 28. Com o tempo de exposição dividido de forma igualitária - cinco minutos para cada postulante -, os candidatos vão repetir as mesmas táticas políticas e jurídicas adotadas no primeiro turno.
A estratégia do prefeito do Recife é manter, exatamente, a linha adotada pelo guia eleitoral no primeiro turno: o gestor deverá reforçar as propostas feitas no decorrer da disputa e aproveitará o espaço para fazer a prestação de contas do seu mandato. A coordenação da campanha de Geraldo Julio também estará atenta aos possíveis ataques do candidato adversário, que não ficarão sem respostas. Também deverá voltar ao tom de ênfase nas dificuldades enfrentadas pela administração municipal, para justificar as promessas não cumpridas.

“Vamos continuar com as nossas propostas de melhorias da Cidade e o que fizemos, mesmo enfrentando o grave momento que o País está passando. Vamos continuar mostrando o que queremos fazer. O Hospital do Idoso, o aplicativo para marcação de consultas e exames, o programa Recife para o Mundo e outros. Vamos continuar conversando com o povo”, afirmou Geraldo Julio.

João Paulo
O ex-prefeito também vai manter a estratégia do primeiro turno, mesclando o discurso de desconstrução da imagem da atual gestão com a apresentação de propostas. Entretanto, o petista não quis entrar em detalhes sobre o primeiro guia eleitoral, mas disse que faria um agradecimento aos recifenses que lhe deram 207.529 votos - o suficiente para ele chegasse à nova fase.

 “Vai na linha do agradecimento aos eleitores, aos recifense, ao reconhecimento ao trabalho que fizemos”, destacou João Paulo. Para os próximos guias, a ideia será mostrar o que foi feito em sua gestão ,entre 2001 e 2008; o que está sendo feito pela atual gestão socialista e o que ele defende para o futuro da Cidade.
Além do adiamento, as coligações solicitaram o encurtamento dos guias eleitorais. O artigo 41 da resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 23.457/15 prevê 20 minutos diários de guia de televisão veiculados à tarde e à noite e de rádio pela manhã e à tarde, com a mudança, a duração das propagandas eleitorais terá dez minutos, sendo cinco para cada candidato - o mesmo tempo total do primeiro turno. Enquanto as inserções, que seriam de 70 minutos por dia, passam a ser de 42 minutos, sendo 21 minutos para cada coligação.

Veja também

TSE: extratos bancários de partidos serão publicados na internet
eleições

TSE: extratos bancários de partidos serão publicados na internet

Moraes é sorteado relator de inquérito que investiga acusações de Moro contra Bolsonaro
justiça

Moraes é relator de inquérito de Moro contra Bolsonaro