Henrique Meirelles esteve ligado à controladora da JBS por 4 anos

Meirelles ocupou cargos de destaque na companhia entre os anos de 2012 e 2016.

Henrique Meirelles Henrique Meirelles  - Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Antes de assumir o Ministério da Fazenda, Henrique Meirelles esteve ligado ao Grupo J&F, controlador do frigorífico JBS.

Meirelles ocupou cargos de destaque na companhia entre os anos de 2012 e 2016.
Ele chegou à empresa em 2012, após ocupar o cargo de presidente do Banco Central nos dois mandatos do presidente Luiz INácio Lula da Silva (2003-2010).

Assumiu o posto de presidente do conselho de administração do J&F em 2012. Sua missão, segundo o noticiário da época, era criar estruturas de governança na companhia para prepará-la para uma abertura de capital na bolsa de valores.

Em março de 2016, quando seu nome já era cogitado para um eventual governo do então vice-presidente Michel Temer, Meirelles assumiu a presidência do Banco Original, também pertencente ao J&F. Ele deveria fazer da companhia, uma pequena instituição que dava crédito a fornecedores da empresa, o principal banco digital do país.
Convidado por Temer para assumir a Fazenda, Meirelles deixou o grupo em maio de 2016.

Na última quarta-feira (17), relato de uma conversa gravada entre Joesley Batista, um dos donos da JBS, e o presidente Michel Temer em que se discutia a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha deu início a principal crise enfrentada pelo governo Michel Temer.

Veja também

China também precisa da gente, diz Bolsonaro em meio a impasse sobre insumos de vacinas
Coronavírus

China também precisa da gente, diz Bolsonaro em meio a impasse sobre insumos de vacinas

Em reunião com chanceler da Índia em novembro, Ernesto criticou globalismo, mas não falou de vacina
Coronavírus

Em reunião com chanceler da Índia em novembro, Ernesto criticou globalismo, mas não falou de vacina