Imprensa internacional repercute morte de Teori Zavascki

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Teori Zavascki, faleceu nesta quinta-feira (19), aos 68 anos, em um acidente aéreo

Teori ZavasckiTeori Zavascki - Foto: STF

A imprensa internacional repercutiu e deu destaque à morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki nesta quinta-feira (19), aos 68 anos, em um acidente aéreo.

O jornal The New York Times, maior jornal dos Estados Unidos, destacou em manchete no seu site: “Juiz brasileiro que supervisionava casos de corrupção morre em acidente de avião”. A matéria, oriunda da Associated Press no Rio de Janeiro, destaca o papel central desempenhado pelo ministro “na investigação de casos de corrupção maciça no maior nação da América Latina”. A reportagem salienta ainda o fato de que a morte deTeori foi primeiramente confirmada pelo seu filho, Francisco, em sua página do Facebook.

O espanhol El País salientou o fato de o ministro ser o responsável por “homologar as chamadas acusações do fim do mundo: as dezenas de delações de executivos da empresa Odebrecht, que descrevem com detalhes como subornavam a classe política”.

A agência italiana de notícias ANSA destacou em manchete: “Filho de Teori relatou ameaças: 'Vocês sabem onde procurar'”, detalhando que Francisco Prehn Zavascki chegou a escrever em seu perfil no Facebook um post sobre possíveis ameaças contra a família. A agência italiana frisou ainda que o ministro "era relator dos processos ligados à Operação Lava Jato no STF e já tinha começado a trabalhar na homologação da delação premiada de 77 executivos da empreiteira Odebrecht. Os casos que estavam em suas mãos envolviam algumas das mais altas figuras da República e os principais partidos do país”.

O jornal argentino El Clarín, por sua vez, disse que “a morte do magistrado causou especulações e uma onda de reações no governo, imprensa e redes sociais” brasileiras. O periódico destacou que “no momento do acidente a região estaria sob condições meteorológicas adversas, sob forte tempestade, o que pode ter obrigado o piloto a voar mais perto da água” e que “testemunhas disseram que chovia torrencialmente na hora do acidente”.

A Rádio França Internacional - RFI também repercutiu a notícia da morte do ministro. O texto destaca a informação de que o presidente Michel Temer decretou luto oficial de três dias no país. Deu destaque ainda à declaração de Temer de que Teori era um "orgulho" para todos os brasileiros e “um homem público cuja trajetória impecável a favor do Direito e da Justiça sempre o distinguiram".

Veja também

Em cúpula de Biden, Bolsonaro deve reciclar discurso de Salles sem detalhar estratégia
Meio Ambiente

Em cúpula de Biden, Bolsonaro deve reciclar discurso de Salles sem detalhar estratégia

STF decidirá se mantém declaração de parcialidade de Moro e se processos de Lula vão para DF ou SP
LULA

STF decidirá se mantém declaração de parcialidade de Moro e se processos de Lula vão para DF ou SP