Política

Indagado sobre Alckmin, Lula diz que quer vice que seja contraponto ao PT e participe do governo

Petista disse quer 'vice por inteiro' e reiterou que espera que ex-governador escolha partido que esteja na base de apoio

Luiz Inácio Lula da SilvaLuiz Inácio Lula da Silva - Foto: Sérgio Lima/Poder360

Ao tratar sobre a possibilidade de o ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido) ser o vice em sua chapa à presidência da República, o ex-presidente Lula afirmou nesta sexta-feira que quer um nome que seja um contraponto ao PT e que participe "por inteiro" de um eventual governo.

— Ainda não posso dizer quem é que vai ser o vice. Só posso dizer que o vice não será um cara igual a eu. Será contraponto ao próprio PT. Alguém que possa ajudar na construção de uma coalizão — afirmou o líder petista.

Lula reforçou a importância do papel do vice para atrair outras forças políticas que vão além da esquerda e que possam ajudar a formar a coalizão de sua gestão, caso seja eleito. O petista também sinalizou que precisará de apoio político dessas forças democráticas e do vice para rediscutir o chamado "orçamento secreto", mecanismo que permite o pagamento de emendas parlamentares sem qualquer transparência.
 

 — Espero que a gente possa construir um vice para o Brasil, um vice que participe. Que vai ajudar a executar programa, que seja um vice por inteiro. Que vai exercer a presidência quando eu me ausentar. Porque vamos ter que discutir esse orçamento secreto. Quem está governando são dos deputados não é o presidente  — disse o petista.

Lula também voltou a sinalizar que após sair do PSDB, Alckmin precisa preferencialmente escolher uma sigla que apoie o PT. O ex-governador ainda não anuncio para qual partido vai. Nas últimas semanas, Alckmin manteve conversas com PSB e Solidariedade. Mas pessoas próximas afirmam que ainda há a possibilidade do PSD de Gilberto Kassab. Alckmin tem sido cobrado para que tome logo a decisão, mas ele tem optado por ganhar tempo para fazer a escolha na tentativa de ter mais clareza do cenário político.

 — Espero que o Alckmin em algum momento se defina por um partido político que esteja na base de apoio da nossa candidatura  — disse Lula.

Veja também

Câmara rejeita emenda de bolsonaristas para liberar homeschooling a filhos de pais com ensino médio
Homeschooling

Câmara rejeita emenda de bolsonaristas para liberar homeschooling a filhos de pais com ensino médio

Compromisso com a democracia não se faz sem respeito ao Judiciário, diz Pacheco
SENADO

Compromisso com a democracia não se faz sem respeito ao Judiciário, diz Pacheco