Intervenção também para garantir unidade do PDT

O presidente estadual do PDT, Guilherme Uchoa, e seu filho Uchoa Junior se reuniram com governistas no Palácio do Campo das Princesas, na última segunda-feira (26)

O presidente da Alepe, Guilherme Uchoa, está empenhado em eleger o filho para o Congresso Nacional O presidente da Alepe, Guilherme Uchoa, está empenhado em eleger o filho para o Congresso Nacional  - Foto: Divulgação

Visando evitar que as rusgas dentro do PDT respinguem na Frente Popular, o governador Paulo Câmara (PSB) vai mediar os conflitos entre o presidente da Assembleia Legislativa, Guilherme Uchoa (PDT), e o presidente estadual do partido, Wolney Queiroz.

Ontem, o socialista recebeu o deputado estadual e o filho dele, Uchoa Júnior (PSB), em seu gabinete, onde conversaram por cerca de uma hora. Depois, Guilherme Uchoa discutiu o assunto com o presidente estadual do PSB, Sileno Guedes, o chefe do gabinete de Paulo, João Campos, e membros da Casa Civil. Apesar da tentativa do governador de acalmar os ânimos, Uchoa afirmou que não fica no partido de jeito nenhum.

A rivalidade entre Uchoa e a família Queiroz é antiga, mas se acirrou depois que Uchoa Júnior foi vetado na chapinha a deputado federal com o PP, PCdoB, SD e PDT. As siglas alegam que só aceitam candidatos com menos de 50 mil votos. A ideia do presidente da Casa Joaquim Nabuco era filiar o filho no PDT, acordo que teria sido acertado com o presidente nacional da agremiação, Carlos Lupi, anteriormente.

O dirigente, no entanto, não cumpriu. Insatisfeito, Guilherme Uchoa foi pedir intervenção a Paulo Câmara, na última sexta. Além de Uchoa, a formação de chapinha causou ciumeira na base do governador. Alguns socialistas pedem que a aliança seja barrada.

"Se a coisa for caminhanda desse jeito, é chão para todo lado. Vão ser dois chapões", disse Guilherme Uchoa. Ontem, ele também esteve com o deputado estadual Cleiton Collins (PP), que desmentiu que o deputado federal Eduardo da Fonte tenham se encontrado com Paulo Câmara para tratar da formação das chapinhas.

Veja também

Camila Pitanga estrela campanha do TSE por mais mulheres na política
Eleições 2020

Camila Pitanga estrela campanha do TSE por mais mulheres na política

Saiba como denunciar atos presenciais de campanha que gerem aglomeração
Eleições 2020

Saiba como denunciar atos presenciais de campanha que gerem aglomeração