justiça

Jair Bolsonaro comunicou a ministros da corte que indicará Kassio Nunes para o tribunal

Ele ficou insatisfeito com o perfil do indicado e voltou a insistir na necessidade de uma nomeação mais técnica, de um juiz de carreira

Ministro Luiz Fux no plenário do STFMinistro Luiz Fux no plenário do STF - Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 O presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), Luiz Fux, manifestou desapontamento pela indicação do desembargador Kassio Nunes para a vaga de Celso de Mello na corte.

Ele ficou insatisfeito com o perfil do indicado e voltou a insistir na necessidade de uma nomeação mais técnica, de um juiz de carreira. Fux tem demonstrado que gostaria que a escolha recaísse sobre um dos ministros do STJ (Superior Tribunal de Justiça). O nome da preferência dele é Luis Salomão.

Fux acha que o Supremo será desprestigiado caso, neste momento, o presidente não indique um juiz com currículo mais encorpado para a vaga que será aberta no dia 13 de outubro, com a aposentadoria de Celso de Mello.

Ele já manifestou sua contrariedade a interlocutores de Bolsonaro. Teria recebido o recado de que a decisão pelo nome de Kassio Nunes ainda não estaria sacramentada. Assessores do presidente acreditam, no entanto, que a escolha já está feita e dificilmente será revertida.

Kassio Nunes fez carreira na advocacia. Em 2011, foi indicado em listra tríplice da OAB para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Foi nomeado pela então presidente Dilma Rousseff. Ele hoje é vice presidente do TRF-1.

Na terça (29), Bolsonaro foi à casa do ministro Gilmar Mendes, do STF, com Kassio Nunes, e disse que o desembargador será o indicado para a vaga. Do encontro participaram também o ministro Dias Toffoli e o ministro das Comunicações, Fabio Faria.

A escolha surpreendeu os magistrados: Nunes era candidato a uma vaga no STJ (Superior Tribunal de Justiça), que será aberta com a saída do ministro Napoleão Nunes Maia, que se aposenta em dezembro.

O próprio desembargador se surpreendeu de ser o escolhido. Segundo relatos, ele ficou perplexo quando Bolsonaro disse: "Vai ser você".

A possível indicação teve aceitação imediata entre magistrados do STF e também nos meios políticos, em especial no Centrão, que apoia Bolsonaro.

Veja também

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes
Rio de Janeiro

Justiça ordena bloqueio de bens de Cristiane Brasil e Pedro Fernandes

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar
Eleições 2020

Charbel diz que vai dar crédito para recifense sair de palafitas e escolher onde morar