BRASIL

Janja cancela agendas por "recomendações médicas"

Primeira-dama não vai à cerimônia de condecoração da Ordem do Rio Branco. Janja estava entre os homenageados

Janja Lula da Silva, primeira-dama do BrasilJanja Lula da Silva, primeira-dama do Brasil - Foto: José Cruz / Agência Brasil

A primeira-dama Rosângela da Silva, a Janja, cancelou compromissos que tinha em sua agenda oficial desta terça-feira (21) por recomendações médicas. Janja não detalhou o motivo específico que levou ao cancelamento, mas afirmou que voltará a comparecer às sua agendas ainda nesta semana.

“Nesta terça eu participaria de três agendas: a formatura dos alunos do curso de Padaria Artesanal, projeto da nossa querida Lu Alckmin , a formatura do Instituto Rio Branco e a condecoração da Ordem de Rio Branco, que homenageia cidadãs e cidadãos por suas contribuições à nação. Infelizmente, por recomendações médicas, não vou poder comparecer”, publicou a primeira-dama nas redes sociais.

Janta disse que já realizou exame e que "ainda essa semana" voltará a comparecer às suas agendas oficiais.

A primeira-dama estava entre as pessoas que seriam condecoradas com o mais alto grau da Ordem do Rio Branco nesta terça. A homenagem é concedida pelo governo brasileiro para distinguir pessoas físicas, jurídicas e entidades "pelos seus serviços ou méritos excepcionais" e foi atribuída pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Agradeço imensamente por receber a Ordem de Rio Branco e reafirmo meu compromisso em trabalhar por um Brasil mais justo e solidário para todas e todos”, completou Janja em sua publicação nas redes sociais.

Lu Alckmin, mulher do vice-presidente Geraldo Alckmin, vai receber a mesma distinção. Na lista estão ainda as ministras Simone Tebet (Planejamento), Margareth Menezes (Cultura), Esther Dweck (Gestão e Inovação), Luciana Santos (Ciência e Tecnologia), Anielle Franco (Igualdade Racial), Sônia Guajajara (Povos Indígenas) e Aparecida Gonçalves (Mulheres).

Veja também

"Não gosto de levar desaforo para casa", diz Ciro Gomes sobre revidar tapa em jovem
BRASIL

"Não gosto de levar desaforo para casa", diz Ciro Gomes sobre revidar tapa em jovem

Pernambuco não avança em transparência. Entenda
LEVANTAMENTO

Pernambuco não avança em transparência. Entenda