Jarbas vai à mesa com Tasso Jereissati e Davi Alcolumbre

Foi reservado o encontro e sem holofotes

Jarbas vai à mesa com TassoJarbas vai à mesa com Tasso - Foto: Divulgação

O almoço se deu no gabinete do senador Tasso Jereissati. Além do anfitrião, só Jarbas Vasconcelos e o presidente da Casa Alta, Davi Alcolumbre, estavam presentes. Foi reservado e sem holofotes o encontro anteontem. O ex-governador de Pernambuco não conhecia o democrata e nem votou nele para presidir a Casa. Jarbas optou por Espiridião Amin. Tasso, por sua vez, retirara sua candidatura à presidência e sinalizara, logo, apoio a Alcolumbre. Há quem o aponte como "mentor" do projeto do democrata. Tasso e Jarbas são amigos de longa data e têm trajetórias com pontos em comum. O tucano atua, agora, na construção da ponte entre Alcolumbre e o emedebista. No menu, então, estava a gestão de Alcolumbre. Ao ir à mesa com o novo presidente do Senado, Jarbas sinaliza que está no jogo de Tasso, o qual inclui a gestão de Alcolumbre. A reunião com Tasso e Davi tem simbologia para o Senado. Mas o movimento feito pelo emedebista, em Brasília, não foi isolado nesses últimos dias. Ao chegar a Pernambuco, ontem, ele foi recebido, na Assembleia Legislativa, pelo presidente da Casa, Eriberto Medeiros. Foi Jarbas que solicitou a agenda. Quis visitar Eriberto, mas o encontro acabou sendo uma coisa maior: vários deputados estavam presentes quando ele chegou, entre eles, Lucas Ramos, João Paulo e Tony Gel. Jarbas faz movimentos lá e cá, dando sequência à atitude recente de encontrar-se com o senador Armando Monteiro Neto, uma das lideranças da oposição no Estado .Vai fazendo gestos e erguendo pontes, enquanto a contagem regressiva para 2020 avança, num sinal de que o jogo para o MDB rumo à disputa majoritária do ano que vem pode não estar jogado.

Forças invisíveis
Primeiro secretário da Alepe, Clodoaldo Magalhães observa: "Acho que a gente não trabalha apenas nas forças visíveis. As forças invisíveis sempre estão ao nosso lado e eu, como sou cristão praticante e oro e medito, invoco sempre elas".

Tenho que... >Fez a ponderação em entrevista à Rádio Folha FM 96,7 ao ser indagado sobre fala do líder Isaltino Nascimento, que dissera o seguinte: "Navegamos contra forças invisíveis".

...concordar > Isaltino referira-se à disputa pela primeira secretaria, na qual concorreu com Clodoaldo. Clodoaldo, antes de realçar sua fé, assinalou: "Tenho que concordar (com Isaltino)".

Ficou Jandira > Após a discussão que se instalou sobre a liderança da Minoria na Câmara, que colocou PSB e PCdoB em lados opostos, como a coluna registrara, Jandira Feghali confirmou, no Twitter, que assumiu a liderança da Minoria.

RECADO > Alessandro Molon, do PSB, será o líder da Oposição. "Regimentalmente, representarei todos os partidos de oposição na Casa", registrou Jandira. Na prática, a Minoria tem mais estrutura.

Tentativas... > Em meio ao imbróglio em torno da presidência da Comissão de Direitos Humanos na Alepe, Marco Aurélio Medeiros chegou a propor, a Isaltino Nascimento, uma terceira via, que seria o deputado Adalto Santos.

...em vão > Marco Aurélio esperava retorno. "Foi quando vi o Diário Oficial", diz ele, referindo-se à substituição de Adalto Santos por Isaltino no colegiado. Segundo Isaltino, os deputados defenderam o acordo. “O que é acordado não é caro”, defende o líder.

Viva-voz >Marco Aurélio chegou a telefonar, no viva-voz. para André Ferreira. Isaltino e Eriberto Medeiros estavam do lado.
Sem consenso, marcaram de conversar pessoalmente no dia seguinte. Viva-voz para lá, terceira via para cá, venceu, ontem, a tese das Juntas na presidência da comissão.

Veja também

PSOL pede que STF proíba Ministério da Saúde de distribuir cloroquina
Coronavírus

PSOL pede que STF proíba Ministério da Saúde de distribuir cloroquina

Maia marca audiência com embaixador da China para tentar resolver crise das vacinas
Política

Maia marca audiência com embaixador da China para tentar resolver crise das vacinas